Header Ads

10 Melhores livros de não-ficção de 2019

Mantendo as listas das melhores leituras do ano aqui no blog, selecionamos as 10 melhores leituras que fizemos no campo da não-ficção. Teve muita coisa boa por aí, confira:

1 - Escrever ficção, de Luiz Antonio Assis Brasil: A obra essencial para quem pretende escrever ficção. Não desprezando a abordagem teórica, mas preparado com muita simplicidade e prática, a obra reúne o acúmulo de décadas da oficina literária de Assis Brasil e é um dos melhores faróis para quem procura entender os meandros da escrita literária;

2 - Paulo Freire mais do que nunca, de Walter Kohan: Nestes tempos bicudos a publicação ao cuidar do legado e do trabalho de Freire acaba reforçando a necessidade de reforçarmos e voltarmos aos pensamentos do educador odiado pela extrema-direita local, mas uma referência mundial quando se discute pedagogia;

3 - A praça e a torre, redes, hierarquias e a luta pelo poder global, de Niall Fergunson: Um trabalho bastante consistente tratando da luta antiga e recorrente entre as redes e as hierarquias, bem como analisando os momentos de preponderância de uma, ora outra, num embate permanente pelo poder;

4 - O fim do império cognitivo, a afirmação das epistemologias do sul, de Boaventura Souza dos Santos: Um pouco de revolucionário e um cadinho de utópico é um convite importante a olharmos o mundo com outro olhar, com o olhar "do sul" livre do colonialismo, patriarcalismo e capitalismo. Uma obra interessante, mas que alguns dos bons exemplos trazidos foram engolidos pelo reacionarismo aceso na América Latina em 2019;

5 - 35 Ensaios de Silviano Santiago: Com organização/seleção de Ítalo Moriconi estamos terminando a leitura do livro, mas já podemos adiantar que é obra obrigatória na estante de interessados ou estudiosos da literatura. A obra reúne textos fundamentais da longa carreira do provavelmente principal crítico literário em atividade no Brasil;

6 - Linguagem, de Daniel L. Everett: Tratando a linguagem enquanto invenção humana, o autor apresenta uma obra que põe em debate e xeque uma das principais correntes linguísticas do presente momento, a de Chomsky. Neste livro a busca por se traçar a trajetória humana da linguagem perpassando por diferentes áreas do saber e da ciência;

7 - O guia geek de cinema, de Ryan Lambie: No mínimo que vai lhe acontecer após a leitura deste livro é a ampliação de sua lista de filmes a assistir [isso se você já não assistiu a maioria deles o que é provável]. Uma obra sobre cinema, ficção científica, horror e suspense com muitas listas e informações que agradarão aos leitores;

8 - Textos, Tipos e Prótotipos, de Jean-Michel Adam: Finalmente a edição brasileira de uma das obras mais influentes sobre linguística textual nas universidades brasileira. Uma obra fundamental para interessados nos estudos sobre texto e linguagem;

9 - Populismo, uma breve introdução, de Simon Tormey: Um livro interessante nas observações dos movimentos políticos recentes e a provocação quanto a relação entre populismo e desamor à democracia;

10 - Stálin, de Michael Kerrigan: Uma biografia bastante ampla da controversa figura da história humana, Stálin. Com muita informação visual e texto provocador e levantador de questionamentos o livro discute o personagem histórico de Stálin.

Nenhum comentário