Header Ads

10 Piores namorados e namoradas da literatura

Dia dos namorados, paixão, romance, tudo azul em Istambul, mas eis que não, que antes de um desenlace amoroso surgem namorados e namoradas bastante complicados, como, daquelas que uma voz grita ao longe "é cilada Bino". Por isso selecionamos 10 piores namorados e namoradas da literatura, confira:

1 - Christian Grey: Dane-se a fama do rapaz e o final feliz da história. Nada esconde o fato de que o cara é possessivo, um tanto stalker e com muitos indícios de construção de uma relação tóxica, sem falar que aproveita a grana que tem para ter suas vontades satisfeitas, um mimado cheio de vontades;

2 - Maria Eduarda: Já citei algumas vezes aqui no blog Travessuras da Minha Menina Má, e de fato é um livro de valores. Entre eles esta personagem que faz misuras com o protagonista, e isso que nem estou falando das "aspas" com que presenteia Victor;

3 - Zachary: Embora em Um tempo aceitável ele e Polly não sejam oficialmente namorando, estão naquela fase do flerte, da visita à família, e esse sujeitinho não como se mostrar o mais desprezível dos pretendentes atirando a "amada" às cobras;

4 - Nazaré: Não é a Tedesco, mas também aprontou das suas. Em A Hora dos Ruminantes a jovem acabou como símbolo dos que traíram a cidade quando se bandeia para os Homens da Tapera deixando o jovem Pedro afogado em lágrimas;

5 - Jon Snow:  Ah eu sei, "foi na série", a questão é que ainda que nos romances Jon tenha destino diferente, só pela relação com Ygritte o cara já reúne todas as condições para estar nesta lista, pois o cara é literalmente aquilo que chamam de vacilão;

6 - Winston Smith: O filho da mai traiu, dedurou a amada ao Grande Irmão, e pior, a mensagem mais clara do que nunca é revelada comparando a postura dela perante as torturas sofridas;

7 - Téo: Nem pense em presentear o namorado e a namorada com Dias Perfeitos. Aqui o mais monstruoso dos namorados, desses que acabam parando no Jornal Nacional por algum feminicídio. O meliante inclusive estar no topo da lista, mas como tenho com o Sr. Cinza... 

8 - Carlos Júnior, o Caju: Se olharmos bem só nessa apresentação já temos a sensação de o cara ser um daqueles playboys mimados, e quando sabemos que o brother fica conhecido por O Canalha do 610 já dá pra desconfiar que namoro com ele é um risco;

9 - Eric Zimmerman: Protagonista de sua própria série erótica, quiçá mais quente que Cinquenta Tons de Cinza é perfil completo do arquétipo destes romances, homens sem qualquer intenção de compromisso, frios, egocêntricos, e que no caso dele, embora fisgado pela paixão, não deixa de ter suas atitudes condenáveis;

10 - Eva: A protagonista de Ferida acaba sendo um pouco vítima das circunstâncias, o que não diminui o fato de que ela pode ser um problema ao namorado, especialmente porque há muita vingança no horizonte

Nenhum comentário