quinta-feira, 28 de abril de 2016

10 Melhores livros com as competições mais mortais da literatura

Seja na fantasia, na ficção científica ou nos demais gêneros da literatura, competições são criadas e algumas delas mortais para seus participantes. Neste post uma seleção com 10 livros em que suas personagens estão entre a vida e a morte disputando mortais competições, confira:

1 - Battle Royale, de Koushun Takami: O livro é competição do início ao fim e gira todo ao redor da competição que dá nome ao livro. Nela, a cada ano num Japão distópico um classe do ensino médio é sorteada e seus alunos levados a uma ilha em que são munidos de diferentes armas. Ganha o último que restar com vida;

2 - Jogos Vorazes, de Suzanna Collins: Certamente o mais celebrado entre os leitores mostra a utilização dos Jogos Vorazes como arma política num cenário de um futuro distópico. A obra atraiu milhares de fãs nos livros e nos cinemas, e carrega em si parte da cultura de arena da Roma antiga aliada aos reality shows da pós-modernidade;

3 - A Caçada, de Andrew Fukuda: Uma ficção sombria e distópica em que os vampiros é raça dominante no planeta e os humanos são conhecido como épers. Uma vez por ano, então é realizada A Caçada Éper em que as feras soltam seus instintos, o que se torna problema para o protagonista sorteado a participar da caçada, pois é um éper disfarçado;

4 - A Longa Marcha, de Stephen King: King sempre consegue transformar coisas simples em perigos mortais, como nessa competição de caminhada regular em que quem vai ficando para trás é eliminado literalmente da prova;

5 - Trono de Vidro, de Sarah J. Maas: Nesta trilogia a assassina Celaena é obrigada a participar de uma competição feroz e traiçoeira em que certa parte lembra os combates individuais de Mortal Kombat. Com isso muita luta e agitação de bastidores;

6 -  Iscas, de J. Kent Messum: Um jogo pela sobrevivência em que apenas viciados participam numa ilha desconhecida e que a a cada novo nível vencido a recompensa é mais uma dose de heroína;

7 - O Aprendiz - Conjurador, de Taran Matharu: O livro não é em si de uma única competição, mas ao longo do aprendizado do protagonista uma série de competições vão sendo colocadas diante deles, claro com muitos elementos mágico;

8 - O Jogo, de Andres de La Motte: Um jogo se desenvolve pelas ruas de Praga em que o jogador vai recebendo por celular as missões a serem cumpridas; Uma obra altamente impactada por esse novo universo das informações, principalmente após Edward Snowden;

9 - Uma Chama Entre as Cinzas, de Sabaa Tahir: Assim como O Aprendiz é uma fantasia que em si não se trata apenas de uma competição, mas sim de várias competições enquanto rola uma luta pela liberdade, espionagem, e claro, uma pausa para beijos;

10 - Fúria Vermelha, de Pierce Brown: Num Planeta Marte habitado e dividido por castas uma competição mortal, feroz e traiçoeira é realizada em suas academias enquanto o protagonista tenta iniciar uma revolução dos escravizados.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...