Header Ads

10 Escritores que pagaram pela própria publicação que te farão cair o queixo

É meus amigos e amigas, a vida é dura aos que da literatura vivem ou produzem. Hoje fenômeno e tática até bastante comum, o desejo de publicar um livro só é inatingível para quem não quer. Essa é uma porta comum a quem ainda sonha com a glória literária. Nesse post não sei se como inspiração ou como demonstração das agruras, selecionamos 10 gloriosos nomes da literatura que te farão cair o queixo sabendo que já pagaram para publicar, confira:

1 - Marcel Proust: Antes de se tornar uma das principais referências da literatura mundial, o autor de Em busca do tempo perdido estreou na literatura em 1896 com Os Prazeres e os dias, publicado às suas próprias expensas;

2 - Monteiro Lobato: Um dos casos exemplares é de Lobato que na verdade sempre observou a possibilidade dos livros enquanto negócios, não apenas escrevendo e publicando, mas também atuando como importante editor. O autor publicava a si mesmo e a outros, como Maria José Dupré;

3 - Lima Barreto: Hoje um dos nomes mais importantes da literatura brasileira, Lima Barreto sempre teve dificuldades em encontrar quem publicasse suas obras. Tanto que sua primeira publicação ocorreu em Portugal e hoje sua principal obra, Triste fim de Policarpo Quaresma, bibliografia em todo curso de letras e literatura foi autopublicado em 1915;

4 -  Edgar Allan Poe: Em 1827 o grande mestre do terror pagou para publicar uma pequena obra de poemas, Tamerlane and other poems, que no entanto publicado sob pseudonimo;

5 - E. L. James: Se trouxemos até agora nomes reconhecidamente marcados pela qualidade literária, agora nos permitimos um nome um tanto polêmico, mas que diante do fenômeno de vendas, leitura e mesmo influência na literatura contemporânea, deve ser observado, já que é possivelmente em termos de vendas o maior sucesso de autopublicação conhecido recentemente;

6 -  Mark Twain: Aqui um caso distinto, pois Twain já era um autor bastante popular quando resolveu criar sua própria editora, a Charles L. Webster & Co. para publicara seus próprios livros;

7 - Beatrix Potter: Pedro, O coelho é um clássico, mas foi tão tão rejeitado pelos editores que a autora cansada de tanto não, publicou por sua conta 250 exemplares. Em um ano tinha vendido 20.000 e só depois disso a obra foi levada a uma grande editora;

8 - John Grisham: Um dos principais nomes dos thrillers que já tem Tempo de Matar como clássico, é recorrentemente citado entre os nomes de autores que tiveram de se autopublicar para trazer suas literaturas à luz;

9 - James Joyce: E o que dizer então de talvez o mais estudado livro em tempos recentes, Ulysses, que com auxílio de Sylvia Beach autopublicou a obra que viria a se tornar uma das maiores da literatura global;

10 - Margaret Atwood: Antes do sucesso de O Conto da Aia, a autora canadense autopublicou um pequeno livro de poemas em 1961;

2 comentários:

  1. I can see poe paying for his stuff. He wrote while isolating himself in a cave, why would you stop at a paywall lol.

    https://aab-edu.net/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Chocada com vários desses nomes. Esse post é um ótimo exemplo para nunca menosprezar nenhum autor independente, cada um tem sua própria jornada.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir