Header Ads

10 Razões resistir no #DiaMundialdoLivro

23 de abril é a data que comemora-se mundialmente o #DiadoLivro. No Brasil, especialmente nos tempos presentes a palavra comemoração por certo tem de ser substituída por resistência, cada vez mais. Num país em que em tempos inteligentes já lê-se pouco - e em grande parte, mal - nos dias de agora, de intolerância ao pensamento diverso, de ataques à intelectualidade e ao conhecimento, somado a uma crise gigantesca no setor, quem atua no setor bem sabe da força e da resistência em trabalhar-se com livros. Neste post selecionamos 10 razões para resistir nesse #DiaMundialdoLivro:

1 - A leitura de bons livros não te livra dos imbecis, mas te ajuda a não ser um deles;
2 - Livros são democráticos, aceitam de tudo (Não é culpa dos livros que sociedades autoritárias ataquem livros que lhes incomoda);
3 - Mesmo os piores livros possuem uma história para contar (por exemplo, o execrável Mein Kampf resolve de vez a questão se nazismo é de esquerda ou de direita);
4 - A leitura de livros, os de ficção em especial, são ótimas ferramentas de compreensão e interpretação do mundo;
5 - A leitura de bons livros sempre te tornam um pouco mais inteligente, dificilmente o contrário;
6 - Livros são narrativas, narrativas fazem o mundo;
7 - O bom leitor nunca será massa de manobra (a não ser que você não seja um bom leitor);
8 - O bom livro focaliza o que está fosco, empesteia o que está podre, denuncia o que precisa mudar;
9 - Livros nos incomodam, nos alertam, nos conscientizam, nos libertam, e alguns também nos divertem, nos dão prazer, quando precisamos;
10 - O bom livro é a trilha, o caminho que nos tira do fundo da caverna e nos revela o mundo para além de suas sombras. 

Nenhum comentário