Header Ads

10 Principais anéis da literatura

Podem ser de plástico, de pedras ou metais indestrutíveis. Podem ser ser simples ou mágicos, e a despeito de seus pequenos tamanhos, cabendo num dedo, neste post selecionamos 10 principais anéis da literatura, confira:

1 - O Precioso: Embora a lista não está em sequência, difícil não iniciar com este artefato que perpassa toda a trilogia do Senhor dos Anéis, capaz de iniciar e concluir guerras, oferecer poderes sedutores a seus portadores e estabelecer a divisão do mundo entre luz e trevas;

2 - O Anel de Giges: E uma das fontes desse anel pode ser este das lendas envolvendo Platão, em que seu uso teria dado o poder de invisibilidade a Giges, que dentre outros resultados, o manuseio de seu engaste poderoso culminou na morte de um rei;

3 - Anéis coloridos: Então, toda ida e vinda para Nárnia começa com anéis bastante simples e comuns, verdes e amarelos dividido aos pares e que serviram de porta de entrada ao fantástico mundo de C. S. Lewis;

4 - O Anel de Hussade: Um dos anéis de uso mais peculiar da literatura, feito de ouro, e no caso, preso a roupa de uma virgem, donde deveria ser tirado, num esporte praticado por equipes;

5 - Anel de Poder dos Lanternas Verdes: Como somos bastante amplos em nossos conceitos de literatura, não poderíamos deixar de fora este anel das galáxias que é usado pelas tropas de Lanternas Verdes que atuam em defesa do universo. Surgiu pela primeira vez nos anos 40, e seus poderes são muitos;

6 - O Anel dos Nibelungos: Anel da mitologia nórdica que é provável fonte para "o precioso" também destina a seu portador grandes poderes, mas como mostra o Homem-Aranha, mais do que responsabilidades, traz também maldições;

7 - Anéis do Fantasma: Outro herói a portar anéis, um tanto esquecido, é verdade, é O Fantasma, vigilante da justiça que ultrapassa gerações. O Fantasma da vez carrega um anel em cada mão, o com quatro sabres aos que irá proteger, o da caveira, este dedicado com socos de direita naqueles que o herói dispõe-se a combater;

8 - O Anel dos Gaunt: Único artefato a ser tanto uma relíquia quanto uma horcruxe que na saga Harry Potter ganha destaque nas obras finais;

9 - O Anel do Infinito: Assim como os anéis de O Sobrinho do Mago levavam a Nárnia, este da série de livros Infinity Ring é capaz de possibilitar as viagens no tempo, e com bem menos trabalho e parafernalha que o Delorean;

10 - Anel Cravejado de Números: O artefato orna o Grande Senhor de Metrópolis, que junto de um relógio desvia a atenção assassina de seu filho, que em pensamentos vislumbra uma morte violenta para o tirano pai.

Nenhum comentário