10 Considerações sobre Intenso, de Robin York ou por que precisamos insistir no amor

O Blog Listas Literárias leu Intenso, de Robin York publicado pela editora Arqueiro; Neste post as 10  considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Segundo livro a narrar a história de Caroline e West, em Intenso a leitora acompanhará mais West, especialmente os erros que comete, seus problemas familiares, bem como seus medos que o levam a sempre crer não merecer o amor de Caroline;

2 - Deste modo, ele faz de tudo pra se afastar dela, contudo, Caroline mesmo depois de muita mágoa e sofrimento insiste em tentar manter o relacionamento dos dois, inclusive passando por cima de muitas coisas das quais as leitoras não fechariam os olhos, pois West sabe bem como chutar o pau da barraca;

3 - Por focar mais em West, entretanto, acompanhamos seus problemas familiares mais de perto, a ausência do pai, a necessidade de ocupar esse papel ao ter de cuidar da irmãzinha de de anos, o que porém não ameniza as canalhices do rapaz e que em boa parte da narrativa faz Caroline sofrer um bocado e passar por situações, no mínimo complicadas;

4 - Contudo ela está cada vez mais forte, e de certa forma ao lidar com o "sexting" sofrido  deixou-a mais decidida que a prepara para enfrentar as adversidades, e, principalmente, lutar pelo que deseja, no caso, o amor;

5 - Interessante comentar que, apesar das temáticas pesadas abordadas nos dois romances, Profundo e Intenso, o livro é escrito numa narrativa fácil de acompanhar através de seus capítulos que dividem os pontos de vista em ambos, Caroline e West nos permitindo traçar nossas opiniões sobre cada um deles;

6 - Outro detalhe a ser mencionado traçando comparativos entre as duas publicações é observar as reviravoltas em West que em Profundo era um cara mais centrado nos cuidados familiares, enquanto o West de Intenso questiona esse comportamento e nessa perdição de pensamentos começa a enfim tentar viver para ele mesmo;

7 - É nisso que surge sua relação com Caroline. É uma forma de ele viver para si mesmo, de constituir seus desejos e suas vontades, ainda que o medo disso o faça fazer coisas detestáveis como se talvez não acreditasse ser possível para si mesmo, questões que geram as confusões da trama;

8 - Além disso, ainda que neste segundo livro os problemas com o "sexting" sofrido por Caroline no livro anterior não sejam plenamente debatidos, ainda pairam e desfilam na obra de forma que o problema não é esquecido, mas faz parte da constituição firme da personagem;

9 -  Além disso, Intenso mantem o clima de romance e sensualidade de Profundo, e como dito na postagem anterior, algo que percebemos nas duas leituras é de que as duas obras poderiam constituir um único livro;

10 - Enfim, Intenso, prossegue o ritmo de profundo, e com seus dramas densos, romances e sensualidade é capaz de seduzir-nos numa boa e interessante leitura, que acima de tudo nos provoca em questões de debate desse nosso mundo contemporâneo;



10 Considerações sobre Intenso, de Robin York ou por que precisamos insistir no amor 10 Considerações sobre Intenso, de Robin York ou por que precisamos insistir no amor Reviewed by Douglas Eralldo on terça-feira, maio 03, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário