10 Considerações sobre O Coração do Leão, de Mia Sheridan ou porque enfrentar tudo com positivismo

Confira no post de hoje as 10 Considerações da Gi sobre O Coração do Leão, de Mia Sheridan publicado pela editora Arqueiro:

1 - O Coração do Leão é a segunda publicação no Brasil da série Signos do Amor. No caso, aqui não se tem seguindo a ordem de publicação dos romances nos Estados Unidos, e, por exemplo, perceberemos que elementos entre este livro e A Voz do Arqueiro apontam uma evolução na sequência original, embora obras distintas;

2 - Com isso, quero dizer que O Coração do Leão é uma leitura rápida e concisa que não se aprisiona ou se fixa a maiores detalhes, constituindo assim uma trama de leitura bastante rápida. Quando percebemos, o livro chega ao fim;

3 - No livro somos apresentados à história de Leo e Eve que após terem compartilhado um passado reencontram-se num presente que resgata justamente esses traumas e sombras de suas juventudes;

4 - A partir disso o que nos marca em Eve é sua ingenuidade que em determinados momentos causará revolta na leitora diante certa passividade da protagonista diante de determinadas situações que poderiam levar-nos a agir de forma diferente;

5 - Além disso, essa constituição de Eve, uma mulher marcada por dramas e sacrifícios é abordada sob uma ótica positivista da personagem, cujo olhar sobre o mundo é sempre esperançoso e bondoso, uma característica que lhe cobrará certo preço ao longo do livro;

6 - Ainda, mesmo se tratando de uma trama rápida, o livro percorre caminhos espinhosos e sombrios, penetrando temas pesados como o abuso infantil, no caso da obra, interessante por ser abordado algo pouco debatido que é o abuso masculino;

7 - Contudo, justamente por pisar em terrenos delicados, vale dizer que talvez fosse mais interessante para a obra se esta se desenvolvesse um pouco mais, ampliando a narrativa de forma que se aprofundasse um pouco mais as coisas. A sensação é que ao fim, parece ter faltado alguma coisa;

8 - Feito este parenteses, no restante a publicação mantem o estilo da série com suas metáforas aos signos do zodíaco, e os desafios a serem superados por seus protagonistas;

9 - Além disso, se por um lado estranhos a forma de lidar com as coisas de Eve, por outro, ela nos deixa uma mensagem interessante quanto a forma de lidarmos com nossos problemas, e que seu modo positivo permite-lhe que ao menos enfrente as provações com otimismo e perseverança de tal forma que contribui para a solução dos problemas. No final, independente de como você aja, os problemas estarão lá para ser enfrentados;

10 - Enfim, O Coração do Leão é uma bonita história de duas pessoas que superam as sombras para então se libertarem e poder viver o amor. Traz uma mensagem de esperança, numa leitura leve e envolvente.



 
10 Considerações sobre O Coração do Leão, de Mia Sheridan ou porque enfrentar tudo com positivismo 10 Considerações sobre O Coração do Leão, de Mia Sheridan ou porque enfrentar tudo com positivismo Reviewed by Douglas Eralldo on sexta-feira, dezembro 11, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário