Header Ads

10 Considerações sobre A QHLP - O Tesouro da Encantadora, ou como zarpar em busca de grandes tesouros...

O Blog Listas Literárias leu A Quase Honrosa Liga de Piratas - O Tesouro da Encantadora, de Caroline Carlson, publicado pela editora Seguinte, e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro: 


1 - A Quase Honrosa Liga de Piratas - O Tesouro da Encantadora, de Caroline Carlson é uma leitura divertida e dinâmica que nos propicia ótimos momentos de entretenimento através do encanto mágico de suas personagens e a equilibrada dose de humor que nos arranca sorrisos durante a leitura;

2 - O livro cumpre o papel a que se propõe apresentando uma história capaz de agradar aos jovens leitores, e não só eles como todos aqueles que adoram as histórias de piratas, especialmente aquelas que vertem para o ledo bem humorado das caçadas a tesouros em mares sombrios e perigosos;

3 - Assim, reunindo piratas e muita magia, a busca pelo Tesouro da Encantadora se torna uma excelente aventura composta por personagens bastante divertidos como a própria Hilary, uma menina decidida a se tornar uma pirata, mesmo sendo execrada pela QHLP, e sua sarcástica e interessante gárgula mágica que compõe uma presença interessante no texto;

4 - O livro reúne todos os elementos essenciais de uma boa história de piratas, um tesouro a ser encontrado, piratas novatos e um capitão pirata bem peculiar como Jasper, o Terror das Terras do Sul;

5 - É preciso dizer também que mesmo com toda essa diversão o livro consegue apresentar aos leitores o lado mais sombrio das coisas, mesmo que o faça disfarçadamente vestido com sutilezas, pois se observarmos com atenção o surgimento da vilania no livro, senão chocante é algo que certamente causa um impacto profundo na jovem Hilary;

6 - O livro traz junto quebras na narrativa introduzindo elementos relativos à trama que constituem uma diversão extra para quem acompanha a aventura dos tripulantes do Pombo

7 - Porém, é importante dizer que QHLP se torna em alguns momentos um pouco previsível, e suas personagens singram por caminhos já conhecidos, o que de toda forma não diminui o prazer da leitura;

8 - Uma coisa que também me chamou atenção no livro é a interessante construção no mundo imaginado de Caroline Carlson é a sua mescla com o mundo real, pois embora tenhamos em Augusta um universo fantástico aparentemente fora do nosso universo, ele (ou melhor, suas personagens) é ao mesmo tempo influenciado diretamente pela literatura do mundo real onde livros como A Ilha do Tesouro parecem definir o destino da protagonista;

9 - Outra coisa que não passa despercebida ao leitor é o nome de algumas regiões e cidades em que se passa a trama, semelhantes ou já utilizados noutras histórias de fantasia;

10 - Enfim, A Quase Honrosa Liga dos Piratas, é para o leitor mais experiente uma leitura descompromissada, onde primazia será a diversão, e para os jovens leitores que estão iniciando a vida de leitor uma porta interessante e fantástica para esses mundos mágicos que a literatura nos proporciona;

:: + na Saraiva ::


Nenhum comentário