terça-feira, 26 de junho de 2012

, ,

10 Livros da Editora Dublinense para os leitores do Listas Literárias conhecerem

Olá leitores do Listas Literárias. Hoje compartilho com vocês uma boa novidade que é a apresentação da mais nova editora parceira do blog, a editora Dublinense que foi criada em 2009 com o objetivo de formar um catálogo eclético. Isso significa receber os jovens e criativos autores, mas também os escritores maduros e já consagrados. Os valores que norteiam a editora são o apuro com a palavra e o cuidado gráfico. A linha editorial da Dublinense está direcionada principalmente para os gêneros tradicionais da literatura de ficção, mas compreende também livros de negócios, ensaios, relatos e esportes. Seus sócios e idealizadores são Gustavo Faraon e Rodrigo Rosp.

1 - Antes que os espelhos se tornem opacos, de Juarez Guedes Cruz: Mais do que um livro de ações ou acontecimentos, Antes que os espelhos se tornem opacos é um livro de sensações. Para Juarez Guedes Cruz, mais do que as experiências em si, importam os sentimentos e emoções que estão conectados a elas. A atenção do leitor é desviada para as diferentes formas de absorver a solidão, a dúvida, a perda, a dor, a incerteza, a culpa. Nem sempre há um elemento para amortecer o impacto, assim como não há idílio, salvaguarda ou otimismo. A obra será lançada hoje, 26 de junho, na Saraiva Megastores do Moinhos Shopping em Porto Alegre/RS

2 - Delicadamente feio, de Ricardo Silveira: Delicadamente feio é um homem que tenta salvar um menino do afogamento e acaba por matá-lo. É uma mulher de aparência desagradável que usa drogas para conseguir parceiros sexuais. É alguém que ganha a vida como engolidor de fogo. Os doze contos aqui reunidos trazem personagens e situações que caminham por uma linha entre o estranho, o escárnio e o quase comum. + sobre o livro.

3 - Helena de Uruguaiana, de Maria da Graça Rodrigues:O cenário é o pampa de Uruguaiana, na fronteira do Brasil com o Uruguai e a Argentina. Na cidade, a órfã Helena Maria é conhecida como muito bonita e charmosa. Sedutora, escolheu o alvo de sua paixão desde a infância: o primo Leonel, 15 anos mais velho. E para conquistar o seu amado, Helena não medirá esforços, inclusive para enfrentar a resistência da família e o medo do primo diante do amor proibido.[+]

4 - Conexões Malignas, de Mario André Pacheco: Ficções, paradoxos e histórias fantásticas mistura ficção científica e literatura fantástica. São dez histórias que vão do horror ao absurdo, sempre dirigidas a um público adulto. Há demônios coletores de almas, histórias pós-apocalípticas, teorias e experimentos científicos, criaturas e criadores. + Sobre o livro

5 - Crime na Feira do Livro, de Tailor Diniz: Um crime assusta os frequentadores da Feira do Livro de Porto Alegre: um conhecido “garimpador” de livros raros é morto a tiros momentos após a abertura. De suas mãos desaparece um exemplar misterioso, trocado por outro, segundos após o crime. Com o caso entregue a uma delegada sensual, porém suspeita, e a partir da entrada na história da integrante de uma estranha confraria sediada no Bairro Bom Fim, o detetive Walter Jacquet não vê outra alternativa e resolve investigar o assassinato. A partir dessa decisão, segue por entre cenários culturais porto-alegrenses, e se envolve com personagens reais e fictícios em busca da verdade escondida – literalmente – nas entrelinhas e ruas da cidade. + Sobre o livro

6 - Um Guarda-Sol na Noite e Outros Contos, de Luiz Filipe Varella: Composto de 23 contos, o livro tem como temática recorrente as relações familiares, o dia-a-dia dos empregos, dos bares e das ruas da cidade e, sobretudo, o convívio doméstico. No entanto, como ocorre nas ficções da melhor qualidade, a rotina apenas mascara o mal que se esconde sob a previsibilidade aparente. Assim, irrompem conflitos, que se nutrem de desejos, os crimes e as pequenas perversões do cotidiano. Baixe uma amostra.

7 - Outras Mulheres, de Charles Kiefer: Poucos são os escritores – ou mesmo artistas – que se dedicam com igual afinco ao seu ofício e à revelação de novos talentos. Mais raros ainda são aqueles com a coragem necessária para bancar essas apostas, colocando em jogo o próprio nome. Charles Kiefer é um deles. Escritor consagrado e reconhecido incentivador de novos autores, jamais se furtou de apontar aqueles em quem identificou qualidades. No fim dos anos 90, Charles Kiefer apostou em um time de escritoras ao organizar O livro das mulheres. E o resultado foi apresentar aos leitores nomes como Leticia Wierzchowski, Cíntia Moscovich, Adriana Lunardi, Paula Taitelbaum e Martha Medeiros. Agora, ele toma mais uma vez para si o desafio de nos apresentar aquelas que prometem ser os grandes nomes da nossa literatura. A julgar pela qualidade dos textos presentes neste livro, Kiefer acertou de novo. >>Comprar<<

8 - Fetiche, de Carina Luft: Elas eram lindas e tinhas pés delicados. Verdadeiramente tentadores, para alguns. Quando jovens aspirantes a modelo começam a aparecer mortas e seus pés, arrancados dos corpos, desaparecem, não resta mais dúvida de que não se trata de um assassino comum. Não faltam suspeitos. Ao menos três pessoas parecem ter o perfil e os meios. E a responsabilidade por encontrar o culpado recai sobre o delegado Weber e o jovem comissário Nestor. Entre trapaças e mentiras, a trama leva o leitor para um mistério cheio de suspense, envolto em segredos e conduzido por um louco fetiche. + Sobre o Livro

9 - Moinhos de Sangue, de Ana Cristina Klein: Bia Tognazzi é uma linda mulher que pertence a uma família tradicional de Porto Alegre. Exigente, dispensou todos os homens interessados quando era jovem. E, claro, brincou com os sentimentos de muitos outros. Agora, Bia está mais velha e disposta a acabar com a solteirice. Mesmo que, para isso, precise tirar algumas pessoas do caminho. Moinhos de sangue é uma sátira sobre a elite porto-alegrense, e enfoca os arredores e os frequentadores da Padre Chagas, no Moinhos de Vento, região mais badalada da cidade.+ Sobre o livro

10 - Se eu Olhar para Trás, de Ademir Furtado: Edimar, funcionário público às vésperas da aposentadoria, recebe um telefone inesperado: um estranho quer saber o paradeiro de documentos secretos do seu falecido pai, respeitadíssimo professor universitário. Na busca pelos papéis e pela verdade, ele revisita sua própria história: a chegada à capital nos anos 70, o ingresso na universidade nos tempos de ditadura militar, o início da carreira à sombra do pai, o recato da vida amorosa. Nesse caminho sem volta, descobre que vasculhar o passado significa também rever a sua vida tranquila no presente.+ Sobre o Livro

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...