10 Fatos marcantes sobre Moacyr Scliar, ou por que a literatura perdeu um grande escritor

1 - Foi o sétimo ocupante da cadeira 31 da Academia Brasileira de Letras. Foi eleito em 31 de julho de 2003, na sucessão de Geraldo França de Lima, e recebido em 22 de outubro de 2003 pelo acadêmico Carlos Nejar.

2 - O escritor é o pai de uma prolífica biografia com mais de 70 livros publicados, que vão de contos, ensaios, romances, e até mesmo literatura infanto-juvenil;

3 - Em 1998, o romance "Um Sonho no Caroço do Abacate" foi adaptado para o cinema, sob a direção de Luca Amberg, com participação dos atores americanos Elliott Gould (Friends) e Talia Shire (Rocky, O Poderoso Chefão). Esse filme lançou atores como Taís Araújo, Caio Blat, Mariana Ximenes, Fábio Azevedo e Edward Boggiss. A versão nacional foi lançada com o título "Caminho dos Sonhos" e participou dos festivais de Gramado, Miami, Trieste e outros.

4 - É um dos mais premiados escritores brasileiros. Entre os principais obteve 3 premiações no Jabuti, em 1988, 1993 e 2009 e o APCA de 1999;

5 - O livro O centauro no jardim, foi escolhido na lista dos 100 melhores livros de temática judaica dos últimos 200 anos, feita pelo National Yiddish Book Center nos Estados Unidos;

6 - Publicou seu primeiro romance em 1972, "A guerra no Bonfim" narrando um tema que basicamente acompanhou sua obra: A imigração Judaica;

7 - Como grande parte dos escritores, a entrada de Scliar na literatura deu-se pelos contos. O primeiro publicado foi O carnaval dos animais em 1968.

8 - Entre seus maiores sucessos de vendas estão obras recentes como "Os vendilhões do templo" (2006), e o "Manual da Paixão Solitária", onde ele mostra todo seu traço de humor;

9 - Publicava todo domingo sua coluna no Jornal Zero Hora, falando diretamente a milhares de leitores - Como eu - que não deixavam de ler seus artigos;

10 - [este item não tem a ver com literatura, mas mostra a personalidade do autor] Num estado que se divide entre Ximangos e Maragatos, colorados ou gremistas, Scliar era um torcedor do Cruzeiro de Porta Alegre. Inclusive os jogadores do Cruzeiro fizeram uma homenagem para este torcedor-símbolo do clube, entrando de luto na partida contra o Grêmio, no dia 27 de fevereiro, que contou com um minuto de silêncio em homenagem a Scliar.[2];




10 Fatos marcantes sobre Moacyr Scliar, ou por que a literatura perdeu um grande escritor 10 Fatos marcantes sobre Moacyr Scliar, ou por que a literatura perdeu um grande escritor Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, fevereiro 28, 2011 Rating: 5

2 comentários

  1. Bacana seu blog de Listas Literárias. Ainda não o conhecia, e essa sua homenagem a Moacyr Scliar é muito legal, além do que pudemos conhecer um pouco mais sobre esse grande escritor que o país perdeu.

    ResponderExcluir
  2. Fine way of explaining, and good post to take
    data on the topic of my presentation focus, which i am
    going to convey in institution of higher education.
    Here is my web page online casino games free

    ResponderExcluir