9 Coisas que você precisa saber sobre Kaguya Sama: Love is War

Kaguya Sama: Love is War é uma mangá seinen (gênero de mangás destinados a um público jovem/adulto) de comédia romântica escrito e desenhado por Aka Akasaka. Na lista de hoje @_GyannF fala sobre esta divertida e apaixonante guerra onde aquele que se apaixona perde.


1 - Protagonistas e enrolados: A história principal do mangá gira em torno do casal Miyuki Shirogane e Kaguya Shinomiya, os melhores alunos de uma das escolas mais prestigiadas do Japão, o colégio Suchiin. Ambos fazem parte do conselho estudantil que é completado por Chika Fujiwara e Yu Ishigami. Então a partir disto Shinomiya e Shirogane, apaixonados um pelo o outro, mas orgulhosos demais para se declararem, travam uma atalha mental para forçar uma declaração do outro e assim saindo vitorioso desta guerra;

2 - Origens: Miyuki Shirogane é um rapaz de origem humilde, mas extremamente dedicado, sendo um dos melhores alunos de todo o Japão e é o presidente do conselho estudantil da Suchiin. Já Kaguya Shinomyia é a vice-presidente e herdeira única de um dos maiores  e mais ricos conglomerados do Japão, sendo uma excelente aluna e ficando atrás somente de Shirogane no ranking da Suchiin;

3 - Ainda: Temos a Chika Fujiwara, uma garota extremamente alegre e energética, sendo a secretária do conselho e melhor amiga de Shinhomiya. E Yu Ishigami, o contador, meio depressivo e viciado em jogos; ele possui um grande respeito e admiração por Shirogane, e um enorme medo de Shinomiya. Para fechar os personagens secundários que mais aparecem, temos Ai hayasaka, a empregada pessoal de Kaguya que está disposta a fazer de tudo para ajudá-la.

4 - Quanto ao enredo: Vamos falar um pouco sobre o principal núcleo do enredo de Kaguya Sama, a batalha mental entre Miyuki e kaguya. Isso é algo que funciona muito bem, pois o mangá trabalha mostrando os pensamentos individuais dos personagens, além de, em todo final de capítulo por um quadro com o vencedor ou perdedor daquela batalha;

5 - Vamos falar de clichês: Um dos maiores clichês dos romances japoneses é a enrolação e Kaguya Sama abusa especificamente disso em seu enredo.  Com os dois personagens orgulhosos demais para se declararem, o mangá transforma uma enrolação que normalmente é chata em algo divertido e que prende o leitor, mas, ainda sim desenvolvendo muito bem as relações que vão dar resultado mais a frente;

6 - O importante é a comédia: Mas o que ajuda a movimentar o mangá sem torná-lo maçante é a  comédia. O humor de Kaguya Sama é algo muito bem orquestrado, não tendo apenas um personagem de alívio cômico, mas sim com todos envolvidos para esta funcionalidade;

7 - Sensual sem exagero: Outro ponto a se destacar são as cenas que contém algum apelo sexual, principalmente levando em conta que este costuma ser um grande problema para diversas obras japonesas. Mas aqui as cenas, além de não serem muito constantes e exageradas, conseguem carregar o seu humor sem serem ofensivas ao leitor, pois são construídas com uma certa sutileza e importância para o humor da cena, não sendo algo apenas gratuito;

8 - O traço: Outro fator que já é facilmente notável  nos primeiros volumes é a evolução do traço. No início da obra veremos um traço muito mais “bruto” e certas vezes até mesmo desproporcional, entretanto com o seu avançar o traço vai sendo suavizado e melhorado. Isso mostra um grande e clara evolução de Akasaka durante o desenrolar da obra.

9 - Enfim: Love is War é uma divertida e ótima leitura para aqueles que gostam de uma boa comédia romântica. Aqui nesta lista foram citados pontos dos volumes 1 ao 5, porém a história vai muito além do que abordamos inicialmente neste post. Uma obra que prende o leitor e lhe proporciona diversos momentos de diversão. 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem