Header Ads

10 Pandemias na literatura

O coronavírus está mexendo drasticamente com o mundo. Estamos vivendo um dos momentos mais impressionantes da história, e enquanto restringimos nossos contatos sociais, resta-nos a web e as curiosidades. Neste post selecionamos 10 livros que trazem gigantescas pandemias na literatura, em grande parte imaginativas ficções científicas que nunca, nunca mesmo, fogem muito das possibilidades reais. Confira:

1 - A dança da morte, de Stephen King: Não têm sido poucas as comparações deste livro com o surto de coronavírus. Muitos chegaram a dizer que King teria predito o colapso de agora, contudo, o próprio autor veio a público dizer que o vírus de A dança da morte é um tanto diferente e bem mais mortal que o corona;

2 - Mundo novo, de Chris Weitz: No caso desse romance juvenil temos uma pandemia mortal também provocada por um vírus, no caso do romance uma doença que acaba ceifando as vidas adultas e das crianças, restando apenas os jovens em um mundo plenamente hostil;

3 - Guerra Mundial Z, de Max Brooks: Sim, em grande parte nossos temores dos vírus levantam o medo de um apocalipse zumbi. Aliás, o pessoal tem falado que temos vivenciado um apocalipse zumbi sem zumbis. O livro traz uma pandemia global e zumbis mortais;

4 - Mundo sem fim, de Ken Follett: Conhecido por romances históricos, a obra se passa no tenebroso período da Peste Negra e dá uma ideia do drama e das implicações de uma pandemia global. Uma história bem interessante no estilo do autor;

5 - Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago: Um dos grandes clássicos da literatura e que pode ser fundamental neste momento para compreendermos nossos comportamentos, bem como nos portarmos diante uma inesperada pandemia;

6 - Eu sou a lenda, de Richard Matheson: Outro clássico da ficção científica traz o trágico resultado de uma pandemia global devastadora cujo protagonista é o último ser humano vivo do planeta em busca de uma cura;

7 - Contágio, de Robin Cook: Tudo bem, estamos falando aqui mais em epidemia do que pandemia, mas há uma questão interessante neste livro que é a apresentação da discussão acerca do sistema de saúde americano, algo que tem sido posto em xeque com o problema do coronavírus;

8 - Decamerão, de Boccaccio: Outro pilar da literatura mundial tem como pano de fundo a abordagem a fuga da juventude da temível Peste Negra, sendo um texto interessante por testemunhar o contexto histórico da pandemia;

9 - Noturno, de Guilhermo Del Toro: Com uma pegada de Eu sou a lenda, o livro procurar imprimir realismo em terror numa pandemia global que acaba transformando as pessoas em vampiros;

10 - Maze Runner, de James Dashner: No universo das distopias juvenis este livro traz um mundo já assolado por uma grande pandemia e diferentes jogos de poder no campo da saúde e biotecnologia. Como em alguns livros aqui da lista, o estrago está feito.

Nenhum comentário