Header Ads

10 Considerações sobre Reino em pedaços de Erin Watt

O Blog Listas Literárias leu Reino em pedaços, de Erin Watt publicado pela editora Essência; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira (A resenha tem spoilers de obras anteriores da série, siga por sua conta):

1 - Quinto volume da série The Royals, temos neste livro a continuidade das histórias dessa família muito louca, cheia de intrigas e segredos que vimos acompanhando desde o primeiro livro. Desta fez percorremos a história de Hartley Wright e Easton Royal, especialmente dando sequência aos desdobramentos do acidente que a deixa sem memória e um dos gêmeos Royals em coma;

2 -  É justamente o pânico por achar ter matado um dos Royals que leva Hartley a um novo "acidente", dessa vez no hospital, este que lhe causa a perda de memória e faz com que o livro acabe centralizando os desafios de Easton em lidar com uma namorada que não lembra dele e com um dos irmãos quase morto em um hospital;

3 - Particularmente preferi este livro que mesmo o que narra quando Hartley e Easton se conheceram mantendo o ritmo das revelações tão presentes nesta família, até porque, seus filhos estão sempre envolvidos em problemas;

4 - Além disso, os acontecimentos com Hartley estimulam novas discussões e problematizações, especialmente pelo fato de que sem memória, acaba retornando à casa da família, onde os conflitos são então exacerbados em virtude dessa nova situação, o que faz que ela não se sinta em casa, até porque o distanciamento da família com ela é bastante notável;

5 - O que não é diferente com Easton, já que a narrativa compartilhada é eficiente em dividir os dois dramas. No caso dele, a família parece estar desmoronando. Somado a isso, os problemas com Hartley e o fato de que ele acaba centralizando a atenção para com os dramas familiares leva-o a ser impactado por velhos dramas do passado, pois já sabemos de sua dificuldade de lidar com problemas;

6 - No caso de Hartley, ainda que com todos os problemas causados pela perda de memória, vale dizer que ela permanece a jovem firme e forte, embora "na dela" que vemos no quarto livro da série, mesmo estando no meio se uma série de relações marcadas, digamos, por sentimentos pouco nobres, como o ódio, vinganças, etc.
  
7 - Já no caso de Easton temos de certa forma um pouco de superação, já que ao perceber que a fuga ou o medos dos problemas não ajudará em nada no processo, especialmente no fato de que Hartley precisa dele e que ele não pode trair sua confiança. Ao perceber essas questões é que ele então passa a lidar com os problemas de forma eficiente e equilibrada;

8 - Assim nesse jogo intenso de revelações, segredos e intrigas, mas também de dedicação e paixão, o livro vai nos cativando por seu ritmo e pela intensidade de suas histórias;

9 - Isso sem falar que a obra acaba passando a mensagem de que pela abordagem de uma família problemática e que considera o dinheiro solução para tudo, os acontecimentos e os dramas vivenciados nem sempre ratificam isto, já que nem sempre a solução está na fortuna, mas no modo de lidar com a vida e os laços;

10 - Enfim, Reino em pedaços é uma ótima leitura. Intrigante e envolvente nos apaixonamos por seus personagens, além do fato de que nessa sequência novos e importantes segredos são revelados.


 

Nenhum comentário