Header Ads

7 Razões para não perder a Feira Literária Infantojuvenil de Belém - FLIB

Galera do Pará, estados próximos ou quem deseje uma jornada literária bacana, começa amanhã e vai até o dia 31 a Feira Literária Infanto Juvenil de Belém que está sendo organizada pela galera da Flipa. Neste post selecionamos 7 razões para não perder esse evento. Corre lá que dá tempo.

1 - Uma coisa muito bacana é a iniciativa popular em diversos locais do país procurando vitalizar nossa literatura e dar espaço a nossos autores descentralizando os evento literários. Por isso cada iniciativa nesse caminho deve ser saudada, como o caso desta 1ª Flib que procura utilizar-se da experiência da Flipa para alçar novos voos;

2 - De acordo com a coordenação do evento este é o "primeiro evento no Estado voltado especialmente para esse público, que também estará aberto a todos os escritores, ilustradores e artistas do nosso país que tem ações e trabalhos voltados para crianças e jovens leitores";

3 - A ideia da Flib é abrir portas "a fim de fortalecer e divulgar a produção local, proporcionando intercâmbio literário dos autores locais com autores convidados de outras regiões, em uma importante troca de conhecimentos e experiências";

4 - Tendo então como tema do evento "Encantamentos, Assombrações e Visagens que Contam Histórias" a Flib terá como homenageados e participantes do evento os escritores Daniel Munduruku, Walcyr Monteiro, Lenice Gomes e do desenhista Gidalti Júnior que representam e batalham pelo gênero no estado;

5 - Durante o evento, além da exposição de vasto acervo de obras voltadas para crianças e adolescentes, o público que comparecer à Livraria da FOX, local da Feira, poderá usufruir de uma programação bem extensa, sob a curadoria de Elizabeth Orofino, Andréa Cozzi e Deborah Miranda;

6 - Dentre esta programação, por exemplo, teremos oficinas como "iniciação de desenho", "alfabetizar letrando com a tradição oral", "Hq" entre outras que vocês podem procuram por informações na página do evento ou na página da Flipa;


7 - Enfim, pessoal, especialmente leitores do Blog no estado do Pará, dá pra ter uma ideia do evento que está cheio de atividades e discussões culturais bem legais, sendo um primeiro passo, quem sabe, para o crescimento da Flib.A feira conta com o apoio da Secretaria Especial de Cultura – Ministério da Cidadania, uma realização da Namazônia e Livraria FOX, em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), Movimento dos Contadores de Histórias da Amazônia e Fundação Cultural do Pará. Quem puder comparece lá!


Nenhum comentário