10 Considerações sobre A Sombra do Passado, de Sylvain Reynard ou porque nem todo mundo quer ser vampiro

O Blog Listas Literárias leu A Sombra do Passado, de Sylvain Reynard publicado pela editora Arqueiro; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - A Sombra do Passado é a sequência da série Noites em Florença num romance carregado de aventura e fantasia narrando a paixão entre um vampiro e uma humana num ambiente propício à história;

2 - Contudo o romance entre William York e Raven é baqueado pelas diferenças entre eles, especialmente as diferenças conceituais entre ambos, inclusive sobre justiça, porque nem sempre se poderá acertar tentando agradar, pois Raven pensa absolutamente ao contrário dele, inclusive sobre as possibilidades de transformação;

3 - Além disso, Raven tem opiniões bastante divergentes as dos vampiros quando o assunto é matar trazendo para obra o olhar humano diante as práticas muitas vezes selvagens dos vampiros e as formas às vezes violentas com que resolvem suas questões;

4 - Portanto são inúmeras as barreiras que tal amor precisa superar, sem falar que tal relação não está livre de diversos inimigos num ambiente de muitas intrigas e traições que buscam afastar os dois um do outro;

5 - Como já visto no primeiro livro, a presença do mundo das artes é uma constante no romance especialmente pelo fato de Raven trabalhar como uma restauradora, que dentre outros nomes recupera obras de Sandro Botticelli, o que confere à obra certos toques culturais;

6 - Portanto, com isso estamos diante de um livro interessante recheado de ação e suspense que nos mantém curiosas por toda a leitura fascinadas enquanto buscamos descobrir onde estão os traidores de William York;

7 - Da mesma forma, nesta sequência permanecem os elementos que agradam os fãs de literatura de vampiros, entre tais discussões a questão moral diante de uma escolha por ser vampira ou permanecer humana em meio a sentimentos conflitantes causados por um grande amor, mas tratado aqui com todas suas complexidades;

8 - Em suma é um livro que descreve bem os sentimentos e as aflições de seus personagens, fator que leva-nos a envolver-nos com as questões envolvendo os protagonistas ao mesmo que nos colocam na torcida por um desfecho esperado;

9 - Sem falar que nesta sequência o fato de William começar a demonstrar sentimentos mais humanos, ainda que tenha que seguir a regra dos universos dos vampiros acaba pondo e discussão uma série de reflexões a respeito dos limites e da capacidade motivadora do amor;

10 - Enfim, A Sombra do Passado é um livro maravilhoso que quando começamos a ler não conseguimos desgrudar de suas páginas, nos deixando sempre aquele gosto de quero mais.



10 Considerações sobre A Sombra do Passado, de Sylvain Reynard ou porque nem todo mundo quer ser vampiro 10 Considerações sobre A Sombra do Passado, de Sylvain Reynard ou porque nem todo mundo quer ser vampiro Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, novembro 13, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário