Toc. Toc. 10 Considerações sobre Quando O Amor Bater À Sua Porta, de Samanta Holtz

O Blog Listas Literárias leu Quando o amor bater à sua porta, de Samanta Holtz publicado pela editora Arqueiro; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Com certa sonolência e lentidão Quando o amor bater à sua porta narra a história de uma escritora famosa e suas contradições, especialmente quando trata-se de suas reflexões a respeito do amor e finais felizes distinguido a literatura de Malu da sua própria descrença no amor;

2 - A respeito da percepção de sonolência da leitura, é que o livro segue sempre em ritmo lento de forma que temos uma dificuldade inicial de aderirmos à trama, de sermos fisgadas pela trama que aparentemente deveria mostrar-se misteriosa a partir do encontro de de Malu e Luiz Otávio;

3 - Encontro este, que, aliás, nos coloca diante duas propostas: a de uma pessoa que prefere esquecer o passado que tanto lhe traz amarguras, e outra, que justamente por não lembrar do passado deseja retornar a ele para descobrir sua identidade, um jogo que não poderia deixar de ter seus conflitos;

4 - Deste modo a vida certinha e regrada da escritora que a despeito de sua descrença no amor, escreve romances amorosos sofre com as reviravoltas provocadas pela chegada de Luiz Otávio de quem se sabe apenas que tinha uma reunião marcada com a escritora, ainda que ele não se lembre muito mais do que isso e ela desconheça qualquer ele entre eles;

5 - Diante do impasse provocado pelo estranho encontro, Malu terá então ajudar o homem misterioso a descobrir quem é e o que busca, jornada, obviamente, que irá provocar medos e tensões, refletindo inclusive no seu trabalho e na sua narrativa a partir da incapacidade de Malu escrever um final para seu novo romance;

6 - E tudo isso é narrado a partir de uma voz em terceira pessoa e numa linguagem bastante simples que ajuda a contrabalançar o ritmo lento com o qual a obra prossegue, ritmo este dado talvez pelas poucas perspectivas de novidades;

7 - Ao fim de tudo o livro acaba refletindo mais sobre as duas personalidades de Malu, a escritora dos romances de sucesso e a Malu pessoa física, mulher até divertida mas que não acredita no amor, o qual, para ela pertence apenas aos contos de fadas e aos romances;

8 - Todavia essa descrença da protagonista no amor  nasce a partir de uma série de rejeições e decepções que a deixa um tanto endurecida para a vida e o amor, endurecimento este que reflete-se também no final do livro;

9 - Portanto, se por um lado temos certa leveza e pitadas de emoção, por outro, essa sensação de narrativa que não anda, que não sai do lugar acaba impregnando toda a obra dando ao livro certa frieza e melancolia que perduram do começo ao fim do romance;

10 - Enfim, o livro é uma destas leituras que ficam num setor bem intermediário, algo que não poderíamos dizer que é ruim, mas que de alguma forma falta algo para nos encantar e alçar uma posição de bom, ou seja, é uma obra regular que carece de um pouco mais de emoção ainda que nos conte uma bonita história.



Toc. Toc. 10 Considerações sobre Quando O Amor Bater À Sua Porta, de Samanta Holtz Toc. Toc. 10 Considerações sobre Quando O Amor Bater À Sua Porta, de Samanta Holtz Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, outubro 05, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário