Header Ads

10 Curiosidades sobre A Guerra dos Mundos

Lemos recentemente A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells, e gostamos tanto da leitura que resolvemos publicar neste post 10 curiosidades legais sobre o livro, confira:

1 - Pioneiro: A Guerra dos Mundos é muito provavelmente o primeiro livro a trazer uma invasão da terra, portanto, a leitura da obra nos revela que dificilmente os principais blockbusters do gênero nos cinemas  bebe diretamente desta fonte;

2 -Pânico no Rádio: Certamente um dos fatores que também colaborou para a construção épica desta obra foi sua encenação radiofônica feita por Orson Welles, aliás que muita gente se engana ser o autor, em que a obra foi transposta para a costa-leste americana criando um pânico generalizado entre os ouvintes;

3 -  Militância Política: Outra coisa que talvez nem todos saibam é que H. G. Wells além de vislumbrar o futuro com sua ficção era atuante politicamente sendo um dos principais colaboradores da Declaração dos Direitos do Homem que posteriormente foi integrada aos estatutos da ONU. Além disso, Wells defendeu o direito das mulheres e também liderou campanhas de salvamentos a baleias. Um dado curioso sobre esta questão que podemos observar na leitura do livro é justamente o contraponto entre o cidadão Wells na luta de direitos para as mulheres e a própria obra, pois em A Guerra dos Mundos a visão das mulheres é pouco generosa;

4 - É do Brasil: Bem legal também é saber que a primeira versão de ilustrações dos tripods e dos marcianos de Wells foram feitas por um brasileiro, Henrique Alvim Correa, em 1906;

5 - Teoria de Darwin: Do mesmo modo não passa despercebido dos leitores que embora com o olhar de Wells voltado para os céus, sua obra é altamente impactada pela teoria da evolução de Darwin e todo o fascinante universo das bactérias a tal ponto de dizermos que tal teoria muitas vezes está mais presente que os próprios marcianos;

6 - Bola de Gude: Aliás, para quem ler A Guerra dos Mundos perceberá esta relação de diminuição do homem perante o universo o tempo todo de tal modo que, por exemplo, é como se fosse revivida naquela cena dos créditos finais de MIB - Homens de Preto em que um alien  joga bola de gude com a Terra;

7 - Abastecendo o Cinema: Quanto aos que os filmes bebem nesta fonte, também poderíamos citar a intenção de uso humano da tecnologia extraterrestre. Este conceito está presente em filmes como Independence Day e mesmo na franquia de Transformers. Wells já indicava esse uso em A Guerra dos Mundos, e vejamos que ele coloca que o segredo da aviação fora conquistado pelos humanos a partir da invasão dos marcianos;

8 - Tom Cruise: Falando em filmes, a adaptação recente com Tom Cruise foi bastante criticada, entretanto o leitor do livro perceberá que o filme manteve elementos pontuais e centrais presentes no livro apresentando certa fidelidade, como a questão do padre louco;

9 - Literatura de Invasão: Outro dado curioso é de que A Guerra dos Mundos foi publicado num período em que a Grã-Bretanha foi literalmente invadida por livros em que a Grã-Bretanha era invadida por forças inimigas, com farta literatura entre 1871 e 1914 não deixando de ser curioso o fato de anteceder a I Guerra Mundial;

10 - Na Televisão: Com muitas adaptações conhecidas a que talvez não seja de conhecimento de todos é uma série de televisão nos anos 80 que durou duas temporadas e dava sequência ao filme de George Pal, de 1953. 

Nenhum comentário