10 Considerações sobre Segunda Chance de Elin Hilderbrand ou porque todo desmoronamento é uma nova construção

O Blog Listas Literárias leu Segunda Chance, de Elin Hilderbrand publicado pela editora Bertrand Brasil; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Segunda Chance é literalmente um romance sobre novas oportunidades nos diferentes sentidos e momentos da vida constituindo uma série de novos caminhos para suas personagens a partir do desmoronamento das aparências que as envolvem;

2 - E o livro faz isso a partir de histórias que se interligam, principalmente através das amigas Meredith e Constance, cujas vidas torpedeadas de problemas serve para resgatar seus passados ao mesmo tempo que juntam forças para enfrentar os problemas do presente;

3 - Contudo, é sobre Meredith que recai os grandes tormentos do livro quando sua vida aparentemente perfeita e no paraíso cai por terra ao ver o esposo envolvido numa série de escândalos que expõe uma série de erros e abnegações que escondiam-se invisíveis sobe a mentirosa perfeição;

4 - Assim, esse rompimento e conflito começa uma série de movimentos, especialmente por parte de Meredith, que além de ter de provar sua própria inocência, precisa compreender como deixou sua vida chegar aquele ponto, principalmente diante a grande distância imposta sobre como verdadeiramente conhecer a quem está próximo;

5 - Então, nesse turbilhão de sentimentos e ações Meredith e Constance se reencontram e podem juntamente lutar pelas suas segundas chances diante atmosferas diferentes, porém ambas adversas. De certa forma as duas encontram apoio uma na outra e até mesmo passam a compreender a relação de amizade das duas, numa espécie de trama complementar;

6 - Desta forma, o romance acaba contando também diversas histórias numa obra bastante ampla, porém em que todas elas se interligam de uma forma ou outra e estão absolutamente marcadas pela nova oportunidade, pela possibilidade de segundas chances, em meio ao caos, amores, desencontros, reencontros, etc...

7 - Portanto, temos nesta obra uma leitura repleta de detalhes e uma narrativa extensa e bem elaborada que em muitos momentos irá exigir bastante atenção da leitora, especialmente em alternâncias temporais que ampliam os recursos do romance, bem como a compreensão da obra;

8 - Todavia, um debate interessante que nasce a partir da trama fala daquilo que assumimos por talvez certo medo de viver sozinha, que é o caso de Meredith, cuja relação com o marido, aparentemente nunca foi por paixão ou amor, mas sim uma possível conveniência, fatores que de alguma forma colaboraram para as atitudes passivas dela ao longo do casamento que a impediram de observar muitas coisas com a clareza necessária que poderia ter evitado boa parte do problema;

9 - No entanto, tais eventos colaboram para a constituição de uma personagem forte capaz de lidar com o momento adverso, e até mesmo perigoso, pois o caráter e a própria liberdade de Meredith estão em jogo através das provações por qual ela passa;

10 - Enfim, Segunda Chance é uma leitura interessante recheada de dramas pessoais, bem como novas oportunidades que nos levam a solidarizarmo-nos com suas personagens. Uma leitura exigente, cheia de alternativas, e que acima de tudo reforça a importância de nos darmos (ou conquistarmos) uma segunda chance.


10 Considerações sobre Segunda Chance de Elin Hilderbrand ou porque todo desmoronamento é uma nova construção 10 Considerações sobre Segunda Chance de Elin Hilderbrand ou porque todo desmoronamento é uma nova construção Reviewed by Douglas Eralldo on terça-feira, março 29, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário