10 Considerações sobre Salsichas Galácticas, de Max Brallier. Ai Meleca!

Dia das crianças e um post bem legal. Hoje, a avaliação do Listas Literárias de Salsichas Galácticas, de Max Brallier e ilustrado por Rachel Maguire, publicado pela editora Sextante. Confira as considerações de Douglas Eralldo dobre o livro:

1 - Piratas zumbis do espaço, princesas e rainhas das galáxias, naves bem legais, e muita, muita aventura. Que mais poderíamos esperar de uma aventura espacial? Salsichas Galácticas cumpre ao que se propõe, e nos entrega uma aventura divertida e imperdível;

2 – Num trabalho que mescla linguagens, um misto de romance infanto-juvenil e gibis, o livro consegue congregar uma série de elementos que o torna interessante, além é claro de toda a diversão de seu tom satírico das aventuras espaciais, mas dotado de uma identidade bastante própria;

3 – Com isso, a aventura de Cosmos e seus amigos (ainda que clichê), nos prende pelo movimento, pela ação, e pelo desejo intrínseco de aventura que nos move. A partir disso, somos envolvidos pela ação propulsionada pelos mal-entendidos que levam nossos heróis a viajar por uma galáxia composta por criaturas monstruosas (mas muito legais) e combates alucinantes, e tudo isso iniciado com o furto de um mega cachorro-quente espacial;

4 – Com um texto de linguagem acessível e fluente, o livro se complementa com as ilustrações de Rachel Maguire que mais do que ilustrar,  integram esta linguagem dinâmica e jovem da publicação;

5 – Além disso, o livro envolve o leitor com seu humor, algo presente na amarração da narrativa e na própria voz em primeira pessoa de Cosmos, carregada de sarcasmo e ironia que o torna uma personagem bastante carismática;

6 – Por tudo isso, podemos dizer que o livro é vibrante, tanto por seu texto, tanto pelo projeto gráfico de imagens precisas nesse sentido, além de sua tipografia que passa esta mesma sensação. É uma obra pensada para vibrar e que não dá nenhum descanso para seus protagonistas e para o leitor, que devora-o em pouco tempo. Um tempo que passa voando;


7 – Ou seja, é uma publicação para agradar qualquer criança (independente da idade, se 10, 30 ou 80) desejosa da aventura e que retoma uma temática que pode centralizar publicações futuras que é a de colocar nossos olhares de volta ao espaço;

8 – É ainda uma ótima dica para o letramento infantil, familiarizando os jovens leitores com a estrutura em capítulos dos romances, uma presença textual forte, mas sob o dinamismo visual dos gibis;


9 – Sem falar que o livro ainda consegue abordar sem maiores complexidades e dramatizações, questões como o poder de escolha, a confiança, e por que não, o perdão, unindo interesses diferentes através desse trio, que senão típicos heróis, personagens bastante contemporâneas com suas dualidades;

10 – Enfim, há momentos que queremos ler apenas para nossa diversão, pelo simples fato de nos aventuramos por aventuras inverossímeis e perigosas, em que o perigo repousa no planeta seguinte. Quando esse é o caso, Salsichas Galácticas é uma companhia perfeita.



10 Considerações sobre Salsichas Galácticas, de Max Brallier. Ai Meleca! 10 Considerações  sobre Salsichas Galácticas, de Max Brallier. Ai Meleca! Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, outubro 12, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário