10 Considerações sobre Se eu ficar, ou porque tudo pode mudar de uma hora para outra...

O Blog leu Se eu ficar, de Gayle Forman, o livro que inspirou o sucesso nos cinemas, publicado no Brasil pela editora Novo Conceito; nesta listas as 10 considerações do blog sobre o livro:


1 – Se eu ficar, de Gayle Forman é um romance cuja leitura se dá num ritmo alucinado, que mesmo carregado de dramas e dores absorve seu leitor desde a primeira página;

2 – O livro de certa forma apresenta durante as 24 horas em que Mia revive sua tragédia um constante contraponto entre felicidade e tristeza, especialmente nos mostrando uma história que reflete a realidade onde tudo pode mudar drasticamente de um momento para o outro;

3 – Forman também reflete sobre escolhas e quanto algumas delas podem ser ou não difíceis de tomar, como a própria Mia precisa fazer;

4 – Como estrutura narrativa há elementos interessantes em Se eu ficar, como o uso do tempo, às 24 horas essenciais para Mia intercaladas com os flashbacks que reconstroem toda uma vida, um romance, e suas distintas esperanças;

5 – Mas acima de tudo, o livro é uma história de amor, tomada por acontecimento trágico, que vai ao longo do livro usando de cargas dramáticas que podem emocionar leitores sensíveis (embora eu confesse, que ao contrário de muitos relatos, o livro não tenha me levado às lágrimas);

6 – É importante destacar que o livro, um misto de realismo fantástico com romance dramático, em sua essência possuiu pequenas inverossimilhanças que não passam despercebidas do leitor, especialmente no que diz respeito a movimentação de Mia pelo hospital;

7 – Com um texto bastante acessível, não se é de admirar o sucesso que a obra vem obtendo nas livrarias; esse texto flui de tal maneira que se é possível lê-lo numa única sentada;

8 – Talvez, justamente por seu texto simples, algumas cenas de grande poder de impacto, a este blogueiro não surtiram o efeito esperado, especialmente a abertura com o acidente, e outras descobertas que poderiam ter tido um pouco mais de impacto;

9 – O livro também é uma boa pedida para leitores que buscam referências culturais, especialmente no que diz respeito a música e a cultura;

10 – Enfim, Se eu ficar, é um livro de leitura rápida e que mantêm seu leitor em suspense mesmo após terminada a leitura já que, ou por estratégia de mercado, ou opção da autora, já que o final do livro soa meio que um prólogo para a continuação do romance.

:: + na Saraiva ::



10 Considerações sobre Se eu ficar, ou porque tudo pode mudar de uma hora para outra... 10 Considerações sobre Se eu ficar, ou porque tudo pode mudar de uma hora para outra... Reviewed by Douglas Eralldo on terça-feira, setembro 16, 2014 Rating: 5

2 comentários

  1. Concordo com todos os citados, a não ser que eu chorei. Rs'

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Também concordo com a análise em grande parte, mas reitero o quão raso foi o livro, inclusive nas referências culturais. Pessoalmente, gosto de livros que me surpreendam com curiosidades sobre assuntos e lugares e o livro fala sobre música tão profundamente quanto uma página do Wikipédia.

    ResponderExcluir