10, dos Grandes ladrões da literatura...

Hoje o Listas Literárias apresenta uma seleção de ladrões da literatura que são capazes de formar o bando mais poderoso do mundo com seus golpes e falcatruas. Confira 10 grandes ladrões da literatura:

1 - Robin Hood: Personagem do folclore inglês e presente em muitos livres, peças e filmes,  representa de certa forma a romantização do criminoso, criminoso para alguns, rebeldes para os outros, e famoso por seu lema inesquecível "roubar dos ricos para dar aos pobres";

2 - Locke Lamora: O líder do bando Nobres Vigaristas é um dos mais astutos ladrões da literatura. Dotado de grande inteligência para o crime, roubar para Locke se tornou mais que uma necessidade, um estilo de vida que exerce com extrema engenhosidade;

3 - Assaltante Açougueiro: No romance A Caçada, de Clive Cussller, esse ladrão de bancos era temível deixando um rastro de sangue e mortes por onde passava. Além disso era um mestre dos disfarces e difícil de ser pego;

4 - O Ladrão de Destinos: Volta e meia me pego utilizando as personagens deste livro do brasileiro Nanuka Andrade em minhas listas. É esse o caso deste misterioso cuja alcunha é conhecida por Ladrão de Destinos que vive a furtar gantévias. O personagem é de uma elaboração cuidadosa em toda a sua formação, e de certa forma me marcou, como o livro;

5 - Tom Ripley: O talentoso vigarista mostra aquela ladrão nascido das dores da vida, das amarguras pregressas que o encaminham para o lado sombrio das escolhas;

6 - Pietr, o letão: O antagonista do primeiro romance com Maigret era um vilão astucioso, cuja lista de crimes e roubos era considerável, e cujo caçada era um enigma;

7 - Arsène Lupin: Criado pelo escritor francês Maurice Leblanc o ladrão impertinente tinha também algo de questionador e debochado importunando os burgueses e lutando pelos fracos teve grande inspiração no próprio Robin Hood;

8 - Flambeau: Famoso ladrão de jóias que aparece em 48 contos de G.K. Chesterton na série Padre Brown;

9 - Palha Escavator: Embora o próprio Artemis Fowl seja de conduta pouco ilibada, na série de livros este hilário anão é tido como o maior ladrão de todos os tempos do povo;

10 - Panamon Creel: O misterioso ladrão no épico A Espada de Shannara parece esconder muito sobre si, menos sua habilidade em combate, especialmente ao conhecer o meio elfo, Shea;

10, dos Grandes ladrões da literatura... 10, dos Grandes ladrões da literatura... Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, junho 09, 2014 Rating: 5

5 comentários

  1. Gostei do Top, principalmente por ter o Locke em segundo (ele realmente merece depois do que fez para roubar aquela roupa). Só acho que a Corina do "Discworld: O Oitavo Mago" merecia uma vaguinha. E o motivo é esse:

    "O ladrão, como logo ficará claro, era um tipo especial de ladrão. Um artista do roubo. Outros ladrões apenas roubavam tudo que não estivesse pregado. Esse ladrão, no entanto, roubava também os pregos. Ele havia escandalizado Ankh por nutrir particular interesse em roubar, com assombroso sucesso, objetos que não só se encontravam pregados, mas também vigiados por guardas atentos, em casas-fortes inacessíveis. Existem artistas que pintam o teto inteiro de uma capela. Esse era o tipo de ladrão que poderia roubá -lo."

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante o post. Conan o bárbaro também merecia ser mencionado. Pirata, mercenário e lá está, ladrão. Superou até o mais dotado dos gatunos do seu mundo.

    Blog: http://pensamento-indescoberto.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Bacana, mas faltou o Artful Dodger do Oliver Twist.

    ResponderExcluir
  4. Não sei se o Flambeau merecia um lugar nessa lista, até agora não li um único roubo dele que não tenha sido frustrado pelo Padre Brown, kkk! Falando sério, lista muito bem diversificada.

    ResponderExcluir