Header Ads

10 Considerações sobre Lágrima, ou por que chorar não é uma opção...

O Blog Listas Literárias leu Teardrop - Lágrima de Lauren Kate, pulicado pela Galera Record, e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro:

1 - Lágrima, de Lauren Kate mergulha literalmente no mito de Atlântida trazendo para a literatura juvenil uma nova saga, refrescante, cheia de paixões, segredos e mistérios;

2 - Eureka, protagonista do livro ao dividir-se entre descobrir este novo mundo e a si mesma enfrenta ao mesmo tempo seus traumas, e a recente perda da mãe, cuja herança deixou-lhe artefatos misteriosos ligados a um segredo escondido por muitos anos. É este universo, em alguns momentos tenso, que dá a personalidade problemática de Eureka, entre consultas com psiquiatras e a não tentativa de se relacionar bem com a família, especialmente a madrasta;

3 - Confesso que mesmo com a interessante premissa, o livro não conseguiu me captar totalmente para seu universo, especialmente pela narrativa, que de alguma forma pareceu-me um tanto amarrada;

4 - Ainda assim é uma história interessante e de grande potencial capaz de rejuvenescer o mito da cidade perdida de Atlântida e todos os seus mistérios fantásticos;

5 - Além disso, os personagens de Lágrima, mesmo num livro jovem trazem características muito próprias e com a devida densidade, o que dá contornos maiores a obra, visto que além da fantasia há a discussão sobre temas importantes, tais como a forma de como lidar com adversidades, e até mesmo a certa maldade e incompreensão da juventude aos dramas alheios;

6 - Esta incompreensão se torna evidente no caso de Eureka, que diante de seus traumas e a tentativa de suicídio ao invés de encontrar apoio dos colegas de escola, é excluída, e tornada a estranha da qual todos querem distância, revelando a crueza e indiferença juvenil;

7 - Para quem gosta de um clima de romance, Lágrima vai agradar em cheio, em especial com seu tradicional e complicado triângulo amoroso entre adolescentes envoltos por mistérios;

8 - Dentre os personagens do livro não poderia deixar de mencionar a magia incorporada em Madame Blavatski, que em sua excentricidade colabora para aliviar a trama;

9 - O livro ainda reserva para seu final os melhores momentos de ação com direito a muitos efeitos especiais, e obviamente lágrimas, afinal tem certos momentos que elas são fundamentais;

10 - Enfim, Lágrima é um livro com uma premissa interessante revivendo um universo misterioso e perdido em meio a jovens se descobrindo, com a coragem e as paixões que juventude pode revelar;







Nenhum comentário