10 Considerações sobre Os 500,ou como boas leituras são de tirar o fôlego...

O Blog Listas Literárias leu Os 500, de Matthew Quirk da Editora Paralela, e publica nesta lista suas 10 Considerações sobre o livro:

1 - Os 500, de Matthew Quirk é um Thriller de tirar o fôlego do leitor, repleto de ação, reviravoltas, em um mergulho na podridão da política de Washington através da Corporação Davies, certamente uma das mais sombrias e perigosas corporações da literatura;

2 - Com a narração pungente de Mike Ford, o protagonista que vê-se num trabalho que a princípio parece perfeito, o livro tem a premissa de revelar como o poder pode ser exercido paralelamente quando uma empresa se dispões a comandar como marionetes as 500 pessoas mais poderosas da capital americana;

3 - Com uma narrativa fluente, e em primeira pessoa, é como se o leitor estivesse ao lado de Mike na grande enrascada que ele se mete ao aceitar o emprego no grupo Davies, tornando-se impossível separar-se da leitura até a chegada ao final do livro;

4 - Dentre as grandes virtudes de Os 500 está em propor o debate sobre princípios, honestidade e o intenso jogo de cena próximo ao poder, além de certa forma mostrar que a linha entre o certo e o errado pode ser muito pequena, já que neste livro os "honestos" conduzem as atitudes mais execráveis do livro, enquanto um ex-assaltante se mostra ter melhores princípios do que aqueles que deveriam os tê-los por condição;

5 - Além disso, Os 500 é um trabalho importante para o momento atual, e reflete a podridão que permeia o jogo do poder e da política, onde independentemente em qual nação se esteja, às vezes os preços de um homem são pagos, e a corrupção se prolifera pelas máquinas administrativas com suas lideranças políticas sendo meros títeres nas mãos de quem realmente manda no jogo: o dinheiro;

6 - Aliás, o livro deve agradar e muito quem curte teorias da conspiração, espionagem e contra-inteligência;

7 - Sem falar que Matthew Quirk joga seus personagens em intenso movimento, e de fato em muitos momentos é capaz de tirar o ar do leitor, especialmente naqueles em que Mike Ford se em situações extremas e próximas à morte;

8 - O livro ainda consegue apresentar toda sua crítica, especialmente nas constantes palavras de Mike falando sobre o quanto as aparências são capazes de auxiliar a um simples embusteiro poder se dar bem entre os poderosos;

9 - Se alguma coisa fica a desejar, e isto é realmente mínimo no livro, é o quanto as coisas se juntam ao entorno de Mike Ford, especialmente aquelas que ligam seu passado ao seu presente;

10 - Enfim, Os 500, de Matthew Quirk é uma leitura extremamente empolgante e completamente viciante, e certamente vai agradar aos leitores, especialmente aqueles que curtem muita ação, espionagem, e também alguns truques de picaretagem;





  
10 Considerações sobre Os 500,ou como boas leituras são de tirar o fôlego... 10 Considerações sobre Os 500,ou como boas leituras são de tirar o fôlego... Reviewed by Douglas Eralldo on terça-feira, setembro 03, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário