10 Considerações sobre Os últimos Dias de Krypton, ou como o fim pode ser um excelente princípio...

O Blog Listas Literárias leu Os Últimos Dias de Krypton, e publica nesta lista suas 10 considerações sobre o livro:

1 – Os últimos Dias de Krypton de Kevin J. Anderson conta com muita justiça, e também responsabilidade os dias finais de Krypton, o famoso planeta de onde veio o Super-Homem, tudo regado por uma narrativa concisa e gostosa de ler;

2 – Acredito que o livro não decepciona os fãs do homem de aço ao contar a trajetória de seus pais e seu planeta natal, e os atos que culminaram com a longa jornada do bebê Kal-El até o planeta terra;

3 – É possível dizer que Os últimos Dias de Krypton é um livro político dissecando acontecimentos que nascem das decisões e da arrogância de líderes que cultuam o personalismo e o totalitarismo ao governar, além é claro de egos megalomaníacos como o do General Zod;

4 – O livro não absolve seus políticos, e revela suas fraquezas que de várias formas culminaram para o fim de Krypton, o que invariavelmente pode servir também como mensagem aos terráqueos;

5 – E tal mensagem é direta, ao atacar as corridas armamentistas, ao líderes reticentes e temerosos de agir, ao comodismo, enfim alguns dos tantos problemas da sociedade de Kryton que levou-o ao apocalipse, e que ainda podemos notar em nossa própria sociedade;

6 – Além disto, a mitologia que Anderson cria para os eventos que precedem ao surgimento de Super-Homem é bastante rica, bem como vai situando o leitor a coisas que acontecerão com o jovem Kal-El, em um novo planeta, em que o conhecemos como Clark Kent;

7 – O Livro também faz justiça com os pais de Kal-El, Jor-El e Lara, que se conhecem em tempos turbulentos, e que ainda assim suas genialidades são deveras marcante, inclusive para encontrar uma solução rápida para salvar o último kryptoniano;

8 – Vale também destacar a força de Zor-El, irmão de Jor-El, que se torna um dos personagens destacados do livro com sua grande capacidade de lideranças para lutar por melhores dias para Krypton, num claro contraponto ao conservadorismo do Conselho de Krypton;

9 – Levado com uma narrativa que não cansa o leitor, ágil e cheio de movimento, o livro embora num universo já conhecido pelos fãs é uma grata surpresa por sua originalidade, ação, e novidades sobre a origem de Kal-El;

10 – Enfim, Os Últimos Dias de Krypton é um livro que certamente agradará quem curte talvez o maior de todos os super-heróis, e também os que não sejam ou não conheçam a vida de Kal-El, pois mais que a história que precede o Super-Homem o livro é uma fantástica aventura em um planeta curioso, e em seus dias finais, que mesmo alguém que ainda não conhecesse (se isto fosse possível) saga do Super-Homem se encantaria pela fantasia presente neste livro;


10 Considerações sobre Os últimos Dias de Krypton, ou como o fim pode ser um excelente princípio... 10 Considerações sobre Os últimos Dias de Krypton, ou como o fim pode ser um excelente princípio... Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, junho 23, 2013 Rating: 5

3 comentários

  1. Fiz uma resenha desse livro no meu site: http://www.almhpg.com/tolkienmetal/?p=1764
    Ele é muito bom, mas só recomendo para o pessoal que gosta de quadrinhos. Tem muita citação que o leigo no assunto vai ficar boiando. Apesar de ser possível entender a história mesmo assim.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o livro! Leitura agradavel e concisa. Enfim, os pais de Kal-El estao a sua altura. Lindo e dramatico final! Perfeito como uma prequencia.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o livro! Leitura agradavel e concisa. Enfim, os pais de Kal-El estao a sua altura. Lindo e dramatico final! Perfeito como uma prequencia.

    ResponderExcluir