7 Coisas que aprendi como aspirante de escritor

Confesso que mesmo chegando ao segundo livro publicado, participações em antologias, e colaborações com jornais, tenho dificuldade em assumir-me como escritor, já que parto do pressuposto que alguém pode se declarar desta ou outra carreira, quando a função que lhe dá o nome consegue pagar suas contas. Como esse não é meu caso, preferi adotar o termo "aspirante" no título para compartilhar com vocês uma lista que foi publicada no Blog Escriba Encapuzado, cuja premissa é muito interessante, e vale a pena vocês darem uma olhada, onde o T. K, possibilita a autores e aspirantes compartilharem sem seus sete aprendizados nesta jornada. Eis o meu:


1 – Escrever é o mais fácil: Embora eu saiba que muitos autores tenham dificuldade em organizar a rotina da escrita, acredite, esta é a parte mais fácil, onde uma ideia na cabeça, um teclado e a disponibilidade e a organização da rotina são suficientes para que em pouco tempo o autor consiga colocar em papel, suas ideias e pensamentos. Escrever o livro sem dúvida é a parte mais fácil.

2 - É Preciso Ter Cuidado: Quem pretende se tornar um autor publicado tem de tomar cuidado, pois isto em sí não é o mais complexo, no entanto se o autor não for cauteloso e além de tudo saber o funcionamento do mercado editorial pode acabar encontrando muitas frustrações pelo meio do caminho. Em todas as etapas da publicação de um livro deve-se ter muito zelo, para que o produto final seja algo justo e honesto para com os leitores.

3 – Não Basta Escrever: Vejo muitos colegas pensando que escrever o livro é suficiente. Isto é um engano, o autor precisa sim ser o principal comunicador de sua obra, especialmente se publicado por pequenas editoras, ou sob demanda. E isso não tem relação com o tipo de publicação, pois muitos se enganam pensando que publicar em grandes editoras são tudo mil maravilhas. Não raro é possível ler notícias de autores celebrados com queixas de suas editoras.

4 – É Preciso Conhecer o Mercado: Infelizmente vejo muito autor cometendo o erro de publicar um livro sem conhecer o funcionamento do mercado. Aprendi que antes de me tornar um escritor, é preciso saber tudo sobre o sistema. Entender como funcionam grandes, médias, e pequenas editoras, o que leva uma ideia se tornar livro. Só esse conhecimento é capaz de lhe auxiliar a tomar decisões, e com maiores chances de acerto.

5 – Leva Tempo: Ser reconhecido e vender o suficiente para pagar suas contas, é algo que leva tempo (eu ainda chego lá rsrsrs), mas todo escritor de sucesso passou por este processo.

6 - Edições Sob Demanda Possui Dois Lados: Publicar livros sob demanda (meu caso) possui dois lados de uma moeda. Por lado te permite antecipar a publicação, ao invés de levar anos esperando ter um original aprovado, além de possuir menos riscos de investimento no caso em que os autores colaboram financeiramente para a publicação. Por outro, precisam enfrentar o preconceito de leitores, e as dificuldades peculiares de pequenas edições, como a distribuição, e a escolha certa da editora por qual publicar, visto que algumas são muito lesivas e seria melhor o autor passar longe delas.

7 – É Gratificante: Escrever é algo que vai além da compreensão. É muito gratificante ver seu texto sendo lido, avaliado e comentado pelos leitores. Isso gera uma emoção difícil de descrever.
7 Coisas que aprendi como aspirante de escritor 7 Coisas que aprendi como aspirante de escritor Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, abril 03, 2013 Rating: 5

5 comentários

  1. Estou querendo publicar um livro e estava vendo isto, realmente é difícil ter esta noção de como publicar um livro ainda mais para um iniciante como eu....

    gostei muito do seu texto , meus parabéns

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto! Pretendo escrever contos...fábulas, mas...é um sonho que estou ainda analisando-o!Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Leva tempo mais um dia chegaremos lá.
    "O importante é apreciar o caminho e não só o destino final."
    Nem lembro quem disse isso^^

    Ótimo post
    abraço

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde,
    Li seu post e achei interessante. Estou começando na carreira de escritor. Criei um blog também (www.aspiranteaescritor.com.br). Ao ler seu texto, você cita que existem muitas editoras lesivas. Como estou iniciando, poderias me passar algumas dessas editoras nas quais devo passar longe?
    Meu e-mail é tiagohaubert@hotmail.com
    Desde já agadeço a atenção.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  5. Estou escrevendo um livro, e estou em duvida se devo publica-lo por demanda ou com uma editora.
    Me mande um E-mail : carol_spfc2013@hotmail.com

    ResponderExcluir