10 Desvantagens da publicação sob demanda

Entre os posts mais populares e que geram um bom debate aqui no blog estão os com dicas e informações sobre o mercado editorial ou dicas para novos escritores, e hoje volto a tocar num assunto que pode ser bem polêmico, a publicação sob demanda, cada vez mais presente no cotidiano literário nacional. Nesta lista seleciono 10 desvantagens deste sistema:

1 - Preconceito: Acredito que este seja ainda um grande problema, pois os leitores tendem a geralmente desconfiar da qualidade dos livros editados sob demanda. A maioria na verdade não quer dispensar os já parcos recursos destinado a cultura em seu orçamento com apostas em obras desconhecidas. Isso acontece pelo fato de sim, muitas vezes termos péssimas obras editadas nesse sistema, ou até mesmo pela compreensão dos leitores (muitas vezes errônea) de que se o autor precisou pagar para publicar, ou então não chamou a atenção de uma grande editora, o livro não é bom. A verdade é que há duas verdades acontecem na publicação sob demanda, com de fato obras de qualidade duvidosa, mas da mesma forma promissores talentos que utilizam esta forma como porta de entrada para o meio editorial;

 2 - Distribuição: Este é um problema que os autores sentirão na pele de forma mais acintosa. Mesmo com uma grande evolução nos números de comercialização de livros pela internet (especialmente em grandes sites como Submarino e Saraiva) a maioria dos livros vendidos no Brasil, e de forma esmagadora se dá na livrarias, onde as publicações sob demanda tem grande dificuldade de entrar. E isso reflete de forma considerável na velocidade de venda;

3 - Divulgação: Se há preconceito dos leitores, do mercado, não haveria de ser diferente com os meios de divulgação, e um livro publicado sob demanda conseguir uma nota em algum veículo de informação como jornais e tv só mesmo por milagre, até mesmo por que o espaço destinado à literatura geralmente é pequeno nos meios de comunicação, onde até mesmo as grandes casas editorias tem de brigar a tapa por uma nota ou uma resenha. Sobra então para a publicação sob demanda se apoiar em blogs, que a cada dia tem mais, e com péssimas qualidades, salvando 1 a cada 10, e olhe lá;

4 - Picaretagem: Se há grande demanda independente do setor que seja há espaço para picaretagem. E na literatura não seria diferente, e a cada dia crescem as reclamações de autores que pagaram para editar sob demanda. O problema que hoje há muitas editoras neste sistema, e com as mais variadas formas, das que não cobram nada do autor, mas também não ajudam, as que cobram um valor justo, e as que inclusive praticam assalto a mão armada quando o autor não pesquisa bem na ânsia de ver sua obra publicada;

5 - Custo: A diferença do custo de um exemplar impresso sob demanda e um em grande escala graças ao avanço tecnológico tem diminuído sistematicamente, mas ainda assim é mais caro publicar em poucas tiragens;

6 - Autor opta demais: Acredite, isto poderia ser uma vantagem já que em geral nos sistemas sob demanda os autores também investem na publicação isto os da maior liberdade de opinar e interferir nas demais etapas da publicação, o que poderia ser bom, mas que muitas vezes acaba prejudicando o desenvolvimento de outras questões do livro como capa e diagramação, onde o editor e os designer's é que teriam de ter esse controle maior;

7 - Retorno financeiro lento: Até é possível ter retorno financeiro com a venda de livros sob demanda, mas como por causa de um custo unitário mais elevado, o autor precisa trabalhar com uma margem de lucro quase irrisória o que acaba tornando mais lento a recompensa financeira do autor.

8 - Revisão: Recebo e muitas vezes compro ou troco livros nacionais em boa parte publicados sob demandas e de distintas editoras, e o problema mais recorrente que encontro são os excessivos erros de revisão. Até acredito que seja normal, já que em uma grande editora um original pode receber até 3 revisões, quanto em geral as editoras sob demanda contratam freelancers para uma única revisão. O problema é que isto ajuda a aumentar o preconceito, e ajuda a afastar leitores;

9 - Você precisar multiplicar-se: Normalmente o autor que publica sob demanda precisa se multiplicar por 10 para entender de marketing a técnicas de vendas para obter números positivos de forma mais rápida. Para quem publica sob demanda não se permite ser apenas autor;

10 - Demorar para formar um público leitor: Este pode ser talvez a grande desvantagem já que a edição só demanda é mais lenta e o autor precisara ter paciência e esperar pelo tempo até conquistar seu público leitor. E esta é uma parte que pode incomodar bastante principalmente para escritores que mais que um sonho, ou ganhar dinheiro, escrevem para compartilhar sua literatura como forma de expressão. Para autores assim o que mais desejam é possuir leitores, e de forma massificada; 



10 Desvantagens da publicação sob demanda 10 Desvantagens da publicação sob demanda Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, setembro 19, 2012 Rating: 5

5 comentários

  1. Parabéns! Utilíssímo e oportuno artigo. Estou finalizando um livro e defronto-me com este problema, principalmente porque o livro é controverso e gerador de polêmicas, o que desencoraja os editores, no caso de novos autores. Aí, resta a opção publicar sob demanda, mas com sujeição aos riscos que vc mencionou.

    É uma decisão difícil.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao autor do post. Acertou na mosca.

    ResponderExcluir
  3. Como uma escritora q/ resolveu ser a editora de suas próprias obras (e,acabou publicando a de muitos) ,concordo plenamente c/ esse artigo esclarecedor.Falo sobre tudo isso com os autores que nos procuram,cheios de sonhos,mas,sem noção do q/ é realmente o processo do livro.

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, é possível concordar com as suas colocações, porém para autores que trabalham com certos segmentos técnicos, como é meu caso, a edição sob demanda ,onde o leitor acaba recebendo o livro material integrante de um curso, vale a pena.
    As impressões sob demanda ,para autores que possuem fins específicos, como biografias familiares ou livros com nicho estritamente específico, vale a pena.
    E no atual cenário, acabou-se a questão de que o custo de impressão é alto. Já existe concorrência o suficiente para que os autores saibam qual é a sua melhor escolha.

    ResponderExcluir