Header Ads

10 Considerações sobre O Legado entre Anjos & Vampiros, ou porque eles estão em guerra...

Antes de iniciar as considerações é importante destacar que pelo fato de eu ter participado da produção gráfica do livro, e por ter acesso durante a elaboração do projeto é provável que de certa forma isto influencie em uma ou outra consideração. Também é preciso informar que por causa de ter sido eu o diagramador e capista do livro no quadro de avaliação tais notas foram excluídas do computo da média da nota final. Agora as considerações:

1 - Jorge Luiz Nogueira em O Legado entre Anjos & Vampiros reuniu em sua obra várias mitologias unindo-as numa grandes conspiração religiosa, se passando nos anos próximos de 1.550. Como resultado temos uma trama complexa buscando explicar os motivos para a guerra;

2 - No livro anjos e vampiros estão presentes em nosso mundo, numa busca violenta pelo apócrifo Livro de Enoque, e somada a essa corrida a política e a igreja, combustível necessários para muita intriga e disputas;

3 - Este é o livro de estréia do autor, mas ele de certa forma busca de uma maneira muito firme construir uma narrativa bem particular conferindo uma identidade própria à sua escrita;

4 - A trama se desenvolve quase sempre ligada a uma tomada de 220v, com as coisas acontecendo enquanto a guerra e a busca pelo apócrifo se desenrola e o personagem principal, Yamc procura saber mais sobre seu passado e sobre a profecia Kairós;

5 - Durante a narrativa acontecem lutas e crimes que se tornam uma das virtudes do livro, pela forma dedicada que o autor busca conferir a ação em sua forma narrativa;

6 - Por outro lado as coisas acontecendo de uma forma muito rápida e corrida faz com que o leitor acabe se perdendo na linha do raciocínio ficando um tanto confuso sobre os eventos e em especial os motivos que levam aos acontecimentos dos fatos;

7 - Mas dentre todos os fatores, o que certamente mais prejudica o autor e a leitura é os excessivos erros de revisão que acabam trancando o leitor em determinadas páginas. Num número muito além do que se poderia considerar normal, em muitas páginas o leitor pode se perguntar como não se perceberam os problemas, tão nítidos;

8 -  Outra coisa que vem a confundir o leitor é a imparcialidade do narrador quanto aos conhecimentos dos fatos, visto que o narrador por conhecer toda a trama as vezes avança demasiadamente o sinal, e assim como um professor de matemática apresenta-nos o resultado final, mas deixando-nos confusos quanto a estruturação do cálculo;

9 - Dentro da própria peculiaridade da narrativa do autor está a apresentação demasiada de sensações e sentimentos, muitos expressados inclusive em Caps Lock, fato que por um lado pode dar identidade ao texto, por outro pode cansar o leitor;

10 - Enfim, O Legado entre Anjos & Vampiros é o livro de estréia do autor que possui sim suas virtudes, mas porém o excesso de erros, e também a trama mesclando muitas lendas e religião acaba criando um mundo complexo em que acaba faltando algumas explicações paras os fatos (que podem ser revelados mais adiante já que se trata de uma série) e deixando o leitor um pouco confuso.

   

3 comentários:

  1. Oi Douglas! Obrigado por ressaltar os pontos do livro! (infelizmente esperava que você fosse comentar outros pontos fortes do livro). Não vou mentir ao dizer que não concordo com algumas considerações... Mas é isso aí! :)

    Grande abraço!

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Sempre cabe ao leitor definir o que acha forte, ou fraco em um livro. Além disso, a opinião do autor será sempre irrelevante ou parcial quanto a sua obra.

      Quanto a concordar e discordar faz parte, mas o fundamental de tudo é que o que foi abordado aqui, certamente será observado por leitores mais exigentes;

      Excluir