10 Curiosidades sobre Vampiros na literatura

1 - Que Lord Ruthven, o primeiro dos vampiros na literatura foi criado por John Polidori, na mesma noite e na mesma casa em que Mary Shelley iniciava Frankeinstein, numa singela brincadeira na casa de Lord Byron;

2 - Que o ex vice-presidente da república Marco Maciel já foi vampiro, num dos livros pioneiros em terras brasileiras sobre vampiros, na obra O vampiro que descobriu o Brasil, de Ivan Jaf; [Aliás, já li o livro, e é bem legal]

3 - Que Drácula, só recebeu este nome quando o livro estava quase pronto. Até então, ele se chamaria Wampyr;

4 - O inglês Kim Newman escreveu um livro [Anno Dracula] sob uma ótica em que Dracula não foi derrotado, e que nesse mesmo livro estão Dr. Jekyll e o Inspetor Lestrade;

5 - Dacre Stocker, tatarassobrinho de Bram lançou em 2009 uma seqüencia para o romance do Conde Dracula;

6 - Paulo Coelho não pode sequer ouvir falar em vampiros, e ele mesmo autocensurou seu livro escrito com Nelson Liano Jr., o Manual Prático do Vampirismo fazendo recolher todos os exemplares; [Ou seja, quem tiver um desses tem um gordo cheque em mãos]

7 - Anne Rice foi a primeira autora a por os vampiros de frente aos espelhos, que por segundo a autora, se eles habitam o mundo dos homens, devem respeitar as leis da física deste mundo;

8 - Que muito provavelmente, sem os vampiros de Rice, como Lestat e Louis, não existiriam os "vampiros fofinhos" da saga Crepúsculo, já que foi na obra de Rice que os vampiros começaram a ser tratados como figuras poéticas e trágicas;

9 - A cidade de Forks, onde se passa a saga Crepúsculo realmente existe, e Stephenie Meyer a encontrou no google; [Até tu Google]

10 - O personagem Conde Drácula, é o segundo mais interpretado no cinema e na televisão, ficando atrás apenas de Sherlock Holmes, cuja unica vez que sai a cata de uma vampira, nada tem a ver com vampirismo;

Fonte: Mundo Estranho
10 Curiosidades sobre Vampiros na literatura 10 Curiosidades sobre Vampiros na literatura Reviewed by Douglas Eralldo on sexta-feira, julho 22, 2011 Rating: 5

2 comentários

  1. "na obra O vampiro que descobriu o Brasil, de Ivan Jaf; [Aliás, já li o livro, e é bem legal]"

    Ivan Jaf é bem legal. Li "A Montanha dos Ossos de Dragão", e achei muito bom o livro. Uma leitura rápida, frenética e divertida.

    ResponderExcluir
  2. Já li um livro da Anne Rice, mas é completamente difícil de entender!
    Quanto ao que você diz que não existiriam os vampiros "fofinhos" sem Lestat e Louis, eu concordo...

    ResponderExcluir