Header Ads

7 Curiosidades sobre o Dia Mundial do Livro

23 de abril é o dia mundial, isso mesmo, mais uma atividade desses globalistas mal-intencionados em criar datas universais e solidárias, caso do livro, esse artefato comunista que só gera comunistas. Mas brincadeiras a parte [e olhe que tem retardado que nunca descobre a ironia e a graça], hoje é o dia que comemoramos o livro, essa coisa incrível, que bem usado, "faz milagres" por nós. selecionamos 7 curiosidades sobre a data:

1 - A escolha do dia 23 deu-se justamente porque a data é dia do falecimento de grandes autores, dois, talvez dos maiores da literatura como Miguel de Cervantes e William Shakespeare. Nesta lista uma seleção de peso de autores falecidos nesta nata;

2 - A data que já era celebrada na Espanha, passa a ser adotada mundialmente em 1995 a partir de uma resolução da Unesco, órgão da Organização das Nações Unidas - ONU; 

3 - A ideia original foi do escritor Vicente Clavel Andrés e cuja intenção era justamente a de homenagear Miguel de Cervantes, o que causou o debate inicial quanto a data, 7 de outubro, nascimento de Cervantes ou 23 de abril. Portanto, poderíamos ter de esperar mais alguns dias pela data;

4 - Algo raramente lembrado é que a data convencionada pelo colegiado da Unesco é Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor com a intenção para chamar a atenção também para a questão dos direitos autorais, um assunto cada dia mais espinhoso e necessário;

5 - Nos Estados Unidos, na cidade de Kensington é comemorado tradicionalmente com um festival de rua, que neste ano teve de ser cancelado por causa da pandemia da covid-19;

6 - Anteriormente à data definida pela Unesco, outras nações tinham suas datas para homenagear os livros, como no Chile em 1927, e no Paraguai nos anos 80;

7 - A criação da data pela Unesco se deu pela razão de "o livro vem sendo, historicamente, o elemento mais poderoso de difusão do conhecimento e o meio mais eficaz para sua conservação, [...] que toda iniciativa que promova sua divulgação redundará oportunamente não só no enriquecimento cultural de quantos tenham acesso a ele, mas no máximo desenvolvimento das sensibilidades coletivas em relação aos acervos culturais mundiais e à inspiração de comportamentos de entendimento, tolerância e diálogo";

Um comentário:

  1. Recomendação de leitura: Sonhos Reinventados - Angie Ammeline.

    ResponderExcluir