Header Ads

10 Considerações sobre Um desejo para nós dois, de Tillie Cole ou sobre os diferentes sentidos das cores

O Blog Listas Literárias leu Um desejo para nós dois, de Tillie Cole publicado pela editora Outro Planeta da Planeta Livros; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Curioso e muito interessante, Um desejo para nós dois conta-nos as histórias de Cromwell Dean, uma estrela da música eletrônica seguido por milhões de pessoas que no entanto desconhecem quem ele realmente é e Bonnie, amante de música clássica que adora escrever letras de música. A convergência destas duas histórias cheia de musicalidade e peculiaridades dará então a tônica deste romance;

2 - O livro, de leitura fluída (li-o em dois dias) e dinâmica, além do romance presente acaba tendo como pano de fundo o debate sobre a sinestesia, algo ainda desconhecido para muitos, o que para além dos outros atrativos da narrativa, provoca-nos curiosidade bem como traz ares coloridos que acabam brincando com os nossos diferentes sentidos;

3 - A questão da sinestesia é debatida na trama a partir de Cromwell, jovem talentoso capaz de tocar qualquer instrumento, mas que tem os sentidos complicados pelo fato de que acaba observando as cores pelo som. E justamente pelo desconhecimento sobre o tema ele próprio, especialmente após perdas importantes, acabará tentando fugir da música e das cores;

4 - Bonnie por sua vez é uma garota meiga e de um coração enorme, sempre disposta a ajudar os outros, mas não muito contente com as festas na universidade e que além disso, tem de lidar com problemas de saúde próprios, mas que não a impedem de ir à luta;

5 - Neste sentido é o encontro de dois temperamentos um tanto distintos, especialmente porque os traumas de Cromwell não estão superados e ele tem dificuldade de lidar consigo mesmo e com suas situações, de modo que pode tornar-se uma pessoa de difícil convivência, por isso mesmo o encontro entre os dois quando passam a ter de conviver e trabalhar juntos é de alta combustão;

6 - Além disso, vale dizer que embora Cromwell e Bonnie sejam os protagonistas da trama, o livro possui outras frentes interessantes, como a história paralela de Easton, que padece com a bipolaridade. A história é também muito interessante e acaba mantendo o interesse permanente na leitura;

7 - Tudo isso, portanto, coloca-nos diante histórias críveis e reais ao ponto de nos engajar em seus acontecimento ao tempo que não apenas traz-nos o romance, mas coloca-nos diante problemas cujo debate é importante, e mais do que isso, acaba tratando da necessidade de avançarmos por sobre as sombras que nos envolvem, como é o caso de Cromwell que a despeito de todo seu talento acaba sucumbindo às diferentes pressões e cobranças sociais;

8 - Mas é também um livro sobre justamente superar os problemas, bem como a boa e velha máxima da atração combustiva que pode ser duas experiências e pensamentos de vida diferentes, como Cromwell e Bonnie, que no espírito da confusão sinestésica do romance traz batidas retubantes e graves à leitura;

9 - Aliás, vale reforçar que é leitura de fortes emoções das quais não saímos incólumes durante a leitura, chegando em determinados momentos do livro a altíssimos picos emocionais de modo que é uma obra que nos leva não apenas aos risos, ou aos suspiros apaixonados, mas também ao choro, pois que há fortes e intensos momentos de drama ao longo desta experiência;

10 - Enfim, com personagens apaixonantes pelos quais passamos a torcer com vigor, Um desejo para nós dois é leitura maravilhosa e envolvente que nos coloca num turbilhão de emoções e sentimentos de forma bastante táctil assim como são os nossos sentidos.


Nenhum comentário