Header Ads

10 Considerações sobre Amantes para sempre, de Jodi Ellen Malpas

O Blog Listas Literárias leu Amantes para sempre, de Jodi Ellen Malpas publicado pela editora essência; neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro. Confira:

1 - Quarto livro da série Amantes, Amantes para sempre dá sequência às histórias de Jesse Ward e Ava mantendo a intensidade dos romances que a compõe, numa narrativa cheia de brigas e paixões;

2 - Neste livro Ava perde a memória em um acidente, o que a leva a esquecer dezesseis anos de sua vida, justamente o período em que esteve casada com Jesse. Em sua mente ela tem novamente seus 22 anos e apagou totalmente sua vida posterior, incluindo marido e filhos, o que representará a ele, claro, um grande desafio, não só de reconquistar Ava, mas também de lidar com sua própria personalidade;

3 - O livro então acaba realizando uma espécie de junção das três publicações anteriores no processo de reconstrução da memória de Ava. Aliás, a intensidade marcada especialmente pelas brigas e desencontros do casal acaba lembrando o primeiro livro de série, intensidade este que acaba exigindo de nossa leitura, não raro momentos de pausa para respirar e avaliar os embates do romance dos dois;

4 - Tudo isso, aliás, sempre relacionado à personalidade de Jesse, pois mesmo com o passar dos anos, a expectativa de um amadurecimento seu não se revela, e ele continua a ter de lidar com sua possessividade, seu jeito mandão, mentiroso e controlador. Logicamente a situação peculiar de Ava amplia e muito os contrastes, com isso a intensidade dos desentendimentos;

5 - Ela por causa de seu problema com a memória e o "regresso" à juventude terá no desejo de independência um forte sentimento que para além da questão médica, também agitará a trama, já que Jesse não saberá lidar muito bem com as "novas" prioridades dela. Ela nesse sentido estará muito mais próxima da Ava do primeiro livro;

6 - Embora focado no casal, vale dizer que a narrativa permite-se em alguns momentos dar espaços a personagens secundários no entorno do casal, como amigos, e principalmente os filhos, estes também a sofrer com a personalidade do pai e o drama da mãe, de modo que o livro dá uma sequência cronológica à história desta agora família - não apenas casal -, inclusive tratando do peso do próprio tempo, já que Jesse entre outros problemas, tem a dificuldade de lidar com sua chegada à meia-idade;

7 - Mas se por um lado o protagonista têm seus defeitos, por outro vale dizer que é um homem apaixonado por sua esposa e que no meio desse tumultuo todo que é suas vidas, ele fará de tudo não só para que as memórias de Ava retornem, mas também para conquistá-la novamente;

8 - Nesse sentido, a leitura segue o ritmo da série, mexendo com os sentimentos de suas leituras, proporcionando momentos de raiva, angústia e tensão, mas também alegria e encanto, produzindo assim uma verdadeira montanha-russa de sentimentos ao avançar das páginas, mexendo certamente conosco;

9 - Contudo, mesmo mantendo a boa qualidade e a atratividade dos demais livros de sua série, cabe destacar que a retomada de alguns assuntos e comportamentos acaba deixando este romance talvez um pouco repetitivo em determinados momentos, o que seria uma pequena destoadinha em relação aos demais;

10 - Enfim, uma boa leitura e que embora esse aspecto de repetir-se às vezes, é uma leitura que as leitoras que acompanham a série certamente irão - e devem - fazê-lo. Além de matar a saudade das personagens, os protagonistas estão mais intensos e loucos do que nunca, características que levaram a muitas paixões pelas narrativas de Jodi.



Nenhum comentário