Header Ads

10 Livros brasileiros sobre viagens no tempo

A possibilidade de uma máquina do tempo desde a de H. G. Wells ao Delorean de De Volta Para o Futuro nos encanta e fascina. Este não é um fascínio apenas dos autores estrangeiros, e aqui no Brasil também temos nossas obras com viajantes temporais. Neste post 10 livros brasileiros com viagens no tempo, confira:

1 - Três Meses no Século 81, de Jerônymo Monteiro: O autor é um dos pioneiros e mais importante nome da ficção científica brasileira. Sem uma máquina ou engenhoca, a viagem no tempo se dá pela psique e através de um corpo morto abrindo o vislumbrar de uma invasão a marte;

2 - O Presidente Negro, de Monteiro Lobato: Uma obra não livre de polêmicas e que se passa em dois tempos, o presente de 1928 e o futuro trezentos anos depois em 2228. O vislumbrar do futuro nesse caso se dá por meio de uma engenhoca de nome bem brasileiro, o "porviroscópio". Nesse futuro os Estados Unidos é governado por um presidente negro, e aí começa o debate...

3 - A Ética da Traição, de Gerson Lodi Ribeiro: Uma noveleta publicada inicialmente na revista Asimov's e hoje disponível em e-books se tornou uma das mais importantes da ficção científica contemporânea, que a partir de seu "holovisor temporal" coloca em debate o paralelismo temporal, e as diferentes possibilidades alternativas das realidades;

4 - Time Out - Os Viajantes do Tempo, Org. Ademir Pascale: Livro com contos e ensaios especificamente sobre viajantes no tempo;

5 - Viagem à Aurora do Mundo, de Érico Veríssimo: Um dos mais versáteis e importantes autores brasileiros, nesta obra uma máquina de "Raios Z" permite observar o passado e o futuro, contudo o foco é olhar para trás, para a paleontologia e a geologia;

6 - Outras Copas, Outros Mundos: Com a participação de vários autores, este livro une o universo da ficção científica e do futebol, e nele o conto "Eu Matei Paolo Rossi" em que Octávio Aragão traz para a FC do Brasil o projeto Intempol, uma polícia das tretas do tempo;

7 - Oráculo de Cristal, de Rodrigo Galvez: Nesta obra, temos mais uma vez a abordagem das diferentes realidades e futuros paralelos, e por isso um oráculo capaz de ver tudo isso é bastante importante;

8 - Intempol, Org. Octávio Aragão: Antologia de contos especificamente com viajantes do tempo, e, claro, a policia temporal criada por Aragão e expandida para todo o universo da FC do B;

9 - Expedição Espacial Terra Novae: Uma Odisseia no Tempo, de Michael Holz: Ao estilo Planeta dos Macacos, uma viagem espacial ao enfrentar uma questão espaço-tempo, acaba de fato provocando uma viagem temporal;

10 - Fábula de Viagem no Tempo: Amélia, A Gata, de Hugo Dalmon: Segundo o autor, a proposta do livro é a partir de um realismo mágico, e com ar nonsense e com humor abordar temas atuais, entre eles questões do público LGBT.

Um comentário:

  1. Eu já li o livro do Hugo Dalmon :), ele é fascinante, muito bom. Ótimo ver ele na lista ♥.

    ResponderExcluir