quinta-feira, 20 de julho de 2017

, ,

7 Livros de Pedro Juan Gutiérrez

No post de hoje selecionamos 7 livros do escritor e pintor cubano Pedro Juan Gutiérrez para ter na sua estante, confira:

1 - Nosso GG em Havana: O escritor britânico Graham Greene chega a Havana em julho de 1955 e mer-gulha num mundo trepidante e vertiginoso, onde convivem artistas pornô, travestis, agentes do FBI e da KGB, caçadores de nazistas e a máfia italiana de Nova Iorque... + no Submarino

2 - O Rei de Havana: Cuba, anos 1990. Após fugir de um reformatório, o jovem Reinaldo vaga pelas ruas em busca de abrigo e comida. Sem família, amigos ou qualquer objetivo de vida, Rei procura viver minuto a minuto. Enquanto caminha sem rumo, pedindo esmolas e lutando para sobreviver, ele convive com os mais diversos tipos do submundo cubano: mendigos, bêbados, travestis, prostitutas, traficantes, ladrões e vendedores ambulantes, todos famintos e atormentados pela miséria... + no Submarino

3 - Fabián e o caos: Em um momento de turbulência política em Cuba, o acaso une dois rapazes que aparentemente não tem nada em comum. Pedro Juan é um hedonista sedutor e insolente que leva uma vida caótica. Fabián, ao contrário, é um pianista recluso, frágil, medroso e homossexual. Apesar das diferenças, ambos possuem condutas que não se ajustam aos princípios ideológicos do novo governo cubano... + no Submarino

4 - Trilogia Suja de Havana: Sem medo de se expor, o escritor narra sua vida particular e tudo o que se passa ao seu redor. Com uma linguagem direta, aborda temas como sexo, fome, desencanto e luta. São relatos dramáticos, e por vezes cômicos, sempre acompanhados de muito rum e sensualidade... + na Saraiva


5 - Animal Tropical: Seja nas ruas sujas e fervilhantes de vida do centro de Havana, onde mora, seja nas alamedas assépticas de Estocolmo, onde passou uma temporada como escritor convidado, Gutiérrez constrói e defende seu espaço pessoal por meio de um humor auto-irônico e, principalmente, de um erotismo cru, insolente, despudorado... + na Saraiva


6 - El Nido de La Serpente: Es un joven impetuoso, insolente y quizás un poco alocado, que atraviesa esta novela a la velocidad de un torpedo. Decenas de personajes aparecen y rebotan contra Pedro Juan, para conformar así una visión de una época especialmente caótica y efervescente... + na Cultura

7 - O insaciável homem-aranha: O narrador destas histórias - um flâneur sem vintém - arrisca-se além das ruas e esquinas conhecidas, na fronteira entre ficção, realidade, entre conto, romance e diário, para mergulhar na vertigem da própria literatura, sua razão de ser e sua danação. No conto que dá o nome ao livro, por exemplo, o narrador se compara a um personagem de histórias em quadrinhos... + na Saraiva
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...