terça-feira, 7 de março de 2017

, ,

10 Considerações sobre Sombras de Reis Barbudos, de José J. Veiga ou como ver urubus no céu

O Blog Listas Literárias leu Sombras de Reis Barbudos, de José J. Veiga publicado pela editora Companhia das Letras; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro, confira:

1 - Sombras de Reis Barbudos é a reunião do insólito e do fantástico numa obra de linguagem escamoteada construindo uma metáfora interessantíssima sobre poder e autoridade que não sem motivos é vista também como alegoria ao regime ditatorial do país ao tempo de seu contexto histórico;

2 - Aliás, o escamoteamento do texto narrativo faz bastante sentido em virtude de seu narrador, o jovem Lucas que pelas armadilhas da memória resgata os acontecimentos na cidade de Taitara, principalmente as mudanças advindas com a chegada da Companhia, uma instituição que dominará o lugar de tal forma que a narrativa aprofunda-se sempre cada vez mais na opressão;

3 - E não faltam na obra elementos para instigar a opressão de tal forma que se torna perceptível ao leitor, muitas vezes de forma sufocante com seus personagens aprisionados por muros, na impossibilidade de pensar, sempre num retirar de liberdade mais e mais profundo e usando-se da violência como instrumento de repressão, tanto a física quanto a psicológica;

4 - Além disso, a obra consegue exprimir com felicidade as principais características dos poderes autoritários e também dos totalitários visto que no romance as restrições apenas aumentam enquanto qualquer resistência parece esmorecer como um sopro que perde vitalidade;

5 - Não menos curioso também é que mesmo a esperança surge na obra de forma sombria a tornar o romance ainda mais estranho aos leitores de tal forma que os urubus que sobrevoam Taitara passam a ser uma possibilidade de resistência - reprimida, é claro - e os estranhos homens voadores, insólitos, soam como uma acomodação diante do poder imenso da Companhia diante do povo;

6 - E o romance agiganta-se ao passo que a narrativa do jovem Lucas não está imune aos seus problemas menores de natureza humana ao mesmo tempo que busca compreender a situação de sua cidade subjugada pelo poder da Companhia nascida com a chegada de seu Tio Baltazar. Do mesmo modo que apresenta o cenário de opressão há ainda as questões do jovem que transforma-se em homem causando conflitos psicológicos não menos opressores que a questão externa;

7 - Por isso o olhar e a compreensão do narrador vão surgindo em nuances, em frases não ditas ou então pelo escamotear da realidade como se dá da narrativa da iniciação sexual do garoto com sua tia, não sendo necessário explicitar, mas demonstrar através de frases indiretas tudo o que ocorre, algo característico deste romance cuja ponta submersa do iceberg é praticamente um continente de coisas a se encontrar;

8 - Ademais é fundamental a compreensão de quem é este narrador, um personagem no meio do olho do furacão visto que sua família está ligada diretamente à chegada da Companhia de Melhoramentos sendo seu tio idealizador - traído - e seu pai pertencente a diferentes quadros da Companhia que no auge da adesão de Horácio ao regime também percebemos o dissolver de várias imagens e concepções do garoto em relação às coisas, dotando-o especialmente de uma capacidade ímpar "ler" as coisas a sua volta;

9 - Do mesmo modo não poder-se-ia esquecer de citar a importância do espaço para as questões narrativas nesta obra de Veiga, visto que o espaço além de sofrer as alterações do regime transmite a sensação de aprisionamento com seus muros labirintíticos, suas restrições de mobilidade, além de permitir que neste local já claustrofóbico o insólito e o estranho chegue-se pela paisagem com urubus e homens voadores que criam imagem impactantes a causar forte impressão em seus leitores;

10 - Enfim, Sombras de Reis Barbudos é uma das grandes obras da literatura brasileira que todos precisam um dia conhecer, sem falar que o fantástico e o insólito de Veiga saltam de suas páginas de modo a expandir as reflexões acerca das estruturas sociais de brilhante forma que há quem possa desconfiar que até entretenimento, contudo há um universo gigantesco a ser descoberto, como nesse livro que mesmo após a leitura convida-te a voltar a ele pois sabemos haver mais por descobrir.




Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...