10 Considerações sobre O Animal de Estimação, de Raphael Gomes ou por que se correr o bicho pega se ficar o bicho come

O Blog Listas Literárias leu O Animal de Estimação e outro contos, de Raphael Gomes publicado pela editora Giostri; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro, confira:

1 - O Animal de Estimação e Outros Contos é uma publicação interessante escrita de forma competente e de bom domínio do gênero que ao cabo da leitura podemos pensar numa boa promessa para nosso realismo fantástico;

2 - É que os contos (29) do livro bebem dos elementos de grandes nomes do gênero, podendo citar aqui, por exemplo, nomes como Murilo Rubião e J. J. Veiga visto que os contos de Gomes unem-se por algo comum, mesmo quando não possuímos o fantástico presente;

3 - Demonstração disso são os contos Joana Rosa Isadora e Amores que ainda que não possuem lenes intrinsecamente o elemento fantástico, ainda assim ali está o estranho, a atmosfera que parece sempre gritar que algo esta a espreita, algo capaz de ligar os sensores do leitor pois mesmo narrando situações possíveis, o absurdo resiste;

4 - Todavia a principal característica inegavelmente é o fantástico que pincela quase todos os contos do livro em narrativas metamórficas que transpassam um ambiente onírico e surreal de imagens a serem construídas na mente do leitor de tal forma, que mais uma vez, nos traz o absurdo, com linhas que parecem não se encaixar, fazendo-nos lembrar de certo modo de uma mescla de pintura cubista e surrealista;

5 - Contudo, mesmo observando a potencialidade narrativa do autor, percebemos também sua juventude com as palavras que de algum modo nos deixa com uma sensação de estarmos diante de uma boa escrita mas com potencial muito grande de evolução;

6 - E provavelmente tais percepções devam-se pela forma bastante bruta e seca da narrativa, numa linguagem que ao mesmo tempo direta, também deixa muita coisa a ser dita, e aqui, diga-se, é mais uma das qualidades dos contos;

7 - Todavia não podemos negar também que as orações um tanto brutas e secas com que se constroem os contos pode também ser vista como estilo porque independentemente se consciente ou não isso já nos revela um estilo que de certo modo faz bem à natureza dos contos e suas naturezas estranhas;

8 - Nesse sentido o próprio conto que dá nome ao livro é um ótimo exemplo do estilo e do potencial do autor pois ali mesclas um "Coelhino Teleco" de Rubião com as metamorfoses kafkanianas construindo uma obra de identidade própria e que traça das características do autor que serão percebidas no conjunto de seus contos;

9 - Portanto, o mergulho nos contos da obra é uma viagem a terrenos surreais, paisagens oníricas e estranhas, seja pelas criaturas metamorfas, híbridas ou amaldiçoadas seja pelo estranho daquilo que não está dito claramente ou daquilo que é possível e inesperado;

10 - Enfim, O Animal de Estimação é uma seleção interessante de contos, e sua maioria escritos com competência e domínio do gênero cuja principal virtude é justamente não permitir que o leitor fique alheio ao que está narrado. Podemos dizer que é uma estreia promissora.



10 Considerações sobre O Animal de Estimação, de Raphael Gomes ou por que se correr o bicho pega se ficar o bicho come 10 Considerações sobre O Animal de Estimação, de Raphael Gomes ou por que se correr o bicho pega se ficar o bicho come Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, novembro 20, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário