Header Ads

10 Considerações sobre Sedução da Seda, de Loretta Chase ou porque amamos vestidos

O Blog Listas Literárias leu Sedução da Seda, de Loretta Chase publicado pela editora Arqueiro. Neste post as 10 considerações da Gi sobre o livro, confira:

1 - Sedução da Seda é um romance de época ambientado no Século XIX que narra de Marceline e suas irmãs relacionadas ao mundo das modistas e do glamour numa batalha de estilos entre inglesas e francesas na busca do vestido perfeito, e no caso do livro, do amor e de novos recomeços;

2 - Com isso, além de ambientar-se no círculo da moda e dos vestidos de luxo das classes nobre a obra dá a estes tempos antigos conceitos "modernos" e por que não ousados através de sua protagonista, uma mulher certamente a frente de seu tempo, e que acima de tudo estava sempre disposta a lutar por seus sonhos e desejos;

3 - Contudo, convém ressaltar que a obra apresenta-se inicialmente vagarosa, mas que com o avançar das páginas vai sendo construída com desenvoltura e agilidade que finalmente nos aprisionam à leitura conseguindo envolver-na em seu ambiente e em sua história;

4 - A parte inicial do livro dedica-se a apresentar o passado de Marceline, suas origens numa família sem nobreza cujos pais conheceram-se numa tentativa desastrosa e mútua de aplicar seus golpes. Essa origem da protagonista entre tantos trapaceiros e vigaristas é o que vai moldá-la na busca de ser efetivamente "alguém" e curiosamente ao mesmo tempo que é consciente da natureza da família e e tenta ser diferente, é capaz de aproveitar certos recursos para sua luta em busca do sucesso e sobrevivência;

5 - É que Marceline precisa carregar uma série de fardos e recomeços, por isso no seu desejo de tornar-se a melhor modista da Inglaterra veremos uma verdadeira sobrevivente que além de lidar com o passado dos pais, precisa encarar a vida diante da viuvez e a necessidade de sustentar a filha pequena, enquanto aproveita seus talentos para vencer;

6 - Por isso, como leitoras nos afiliamos à jornada de Marceline, uma mulher fantástica e guerreira que mesmo não integrando a nobreza de sua sociedade é capaz de perambular por este universo com muita destreza, pois acredita que esteja entre os nobres a esperança de sucesso de seu projeto, por isso o plano criado na tentativa de vestir lady Clara, uma condessa que necessitava muito de uma boa modista;

7 - É quando dessa busca que então surge o conflito romântico da obra ao apresentar as diferentes motivações das relações colocando Marceline no centro de um triângulo capaz de chocar a sociedade da época, pois na tentativa de vestir Clara é ao amor que a modista é apresentada na pessoa do duque Clevedon, que diferentemente de Marceline não dá minima atenção aos que os outros comentam, agindo de acordo com o que deseja sem ater-se a convenções;

8 - Além disso, no romance os contrastes sociais estão sempre presentes e delineando as ações das personagens. Tais contrastes é que também colaboram para adensar os medos e os recuos de Marceline, que acima de tudo coloca-se na posição de recomeçar, de reconstruir, ou seja carregando sempre a esperança de novas oportunidades e não desistindo nunca de seus projetos e ideais, e claro, temperando isso com bastante amor;

9 - Entretanto é preciso realizar uma pequena ressalva caso as leitoras procurem na obra o erotismo anunciado, pois ele não é um elemento constituinte do romance, este sim,  dentro dos moldes tradicionais do gênero através de uma história doce e sutil como o são as histórias de amor do tipo;

10 - Enfim, Sedução da Seda é boa leitura e que nos faz viajar de volta ao Século XIX em ambientes recheados de glamour e personagens cativantes que nos fazem envolver na leitura. Além disso tem seus vestidos, muitos e muitos vestidos que certamente complementam a natureza glamourosa do romance que com certeza encantará suas leitoras.



Nenhum comentário