Header Ads

10 Considerações sobre Doce Perdão, de Lori Nelson Spielman, ou porque perdoar é preciso

Hoje no Blog Listas Literárias a Gi apresenta suas 10 considerações sobre Doce Perdão, de Lori Nelson Spielman publicado pela editora Verus, confira:

1 - Doce Perdão é um livro que acima de tudo fala sobre perdoar os outros e a si mesma, e que também às vezes é preciso se achar primeiro, para então seguir adiante;

2 - E o tema é apresentado através da história de Hannah Farr, moradora de New Orleans, apresentadora de televisão, cujo relacionamento com o prefeito irá ainda demarcar uma série de conflitos e regulações quando ela precisar retornar ao seu passado;

3 - É que a aparente vida perfeita de Hannah esconde problemas mal resolvidos, sendo que justamente a partir daí a temática do perdão entra no contexto da obra, pois para permitir-se a perdoar ela precisará retomar pendências, as quais ela preferiria que tivessem ficado no passado, por causa dos sofrimentos e mágoas;

4 - E o perdão então surge no livro de forma bastante metodológica quando ela recebe as pedras do perdão, sendo que uma deve ser enviada a alguém que tenhas ofendido, buscando portanto o perdão, e a outra a alguém que você tenha perdoado. No entanto, por mais simples que pareça, essas não são escolhas fáceis;

5 - Tudo isso porque o passado de Hannah é todo nublado em que suas memórias já não conseguem distinguir se todo o trauma ocorrido com ela aconteceu de fato, ou se não passa de um exagero de suas memórias. Nisso, o tempo age como papel dificultador, porque as certezas se esmaecem;

6 - E nesse mergulho pelas lembranças fragilizadas de Hannah as leitoras vão se deparando com temas ainda mais perturbadores como a pedofilia e o abuso infantil, segredos estes que justificam toda a dificuldade da protagonista perdoar ou não;

7 - No entanto, é importante dizer que teria sido mais útil, e importante também, que a narrativa criasse um desfecho mais explícito que explicasse os acontecimentos do passado, de forma que Hannah não fosse "obrigada" a optar pelo não encontro de uma resposta final, embora os indícios apresentados deixem em nós, leitoras, quase que uma certeza de tudo que ocorrera com ela;

8 - Portanto, a leitura de Doce Perdão irá exigir um pouco de suas leitoras pois apresenta uma forte carga dramática, e que se inicia de forma atraente, dá uma estagnada em seu miolo, mas que retoma na parte final o ritmo que nos mentém interessadas à leitura;

9 - Além disso, é uma obra que fala da necessidade se seguirmos em frente, e de como o perdão, o nosso e o dos outros, de certa forma nos descarrega de certos pesos que independente da situação, ainda ficam lá nos "martelando" se não forem resolvidos;

10 - Enfim, Doce Perdão é uma linda e emocionante história em que você consegue perceber toda as angústias e sofrimentos de uma protagonista que consegue conquistar nosso apoio. Uma boa dica para quem busca mais do que simplesmente um romance.



Nenhum comentário