10 Considerações sobre Para onde vai o amor? de Carpinejar ou porque o amor é passional

O Blog Listas Literárias leu Para onde vai o amor? de Carpinejar publicado pela Bertrand Brasil e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro:

1 - Composto por dezenas de crônicas relacionadas ao amor, Para onde vai o amor? é um destes livros que podemos ler durante qualquer tempo e aproveitando qualquer brecha em nossa agenda diária, pois seu texto de leveza e certo humor cáustico são como drops na tentativa de compreender os relacionamentos;

2 - Com o sugestivo subtítulo "crônicas de fossa" os textos fazem jus a esta definição, pois em cada uma das crônicas é possível perceber, mesmo que nem sempre latente, certa desilusão e porque não um pouco de pessimismo diante das relações amorosas;

3 - É que as crônicas acabam versando sobre sobre os desencontros e também das expectativas conflitantes numa relação amorosa, em que Carpinejar parece conseguir compreender todas as mazelas e causas da separação;

4 - Aliás, a separação como tratada na crônica que inclusive dá título ao livro é outro ponto de partida para questionar-se sobre o que resta ou não dos amores que se foram, como se fosse uma tentativa de encontrar respostas para a incompreensão diante do relacionamento rompido;

5 - Essa busca por respostas, ou simplesmente a tentativa de compreender esse universo a dois, que segue ou que se rompe é que acaba também dando às crônicas ares de um humor melancólico como se existisse por trás das palavras outra vontade;

6 - Carpinejar ainda acentua nas crônicas que compõe o livro a acentuação das expectativas, bem como suas frustrações, dando às vezes a ideia de que as almas amantes nasceram para não se entenderem, o que em alguns momentos pode parecer exagerado;

7 - É que a sensação que fica que boa parte das crônicas nascem num universo habitado totalmente por cantores sertanejos em que há farto material para o desencanto e o desencontro, quase que tornando a convivência uma impossibilidade, e fato consumado a separação;

8 - No entanto, muitas vezes ao apresentar a antítese, o autor acaba enveredando pelo didático, compondo seu texto com observações que podem auxiliar aos leitores na busca por uma caminho mais equilibrado;

9 - E tudo isso é feito numa linguagem simples, até mesmo coloquial, e carregada de certa passionalidade, o que aliás, é muito comum ao amor;

10 - Enfim, Para onde vai o amor? é uma boa seleção de crônicas, no melhor estilo do gênero, capaz de convidar a seus leitores a refletir sobre o amor, seus destinos e descaminhos.



10 Considerações sobre Para onde vai o amor? de Carpinejar ou porque o amor é passional 10 Considerações sobre Para onde vai o amor? de Carpinejar ou porque o amor é passional Reviewed by Douglas Eralldo on quinta-feira, setembro 03, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário