10 Considerações sobre Soldier, de Sam Angus ou por que ser ser leal até o fim

O Blog Listas Literárias leu Soldier, de Sam Angus publicado pela editora Novo Conceito; neste post confira as 10 considerações sobre o livro:

1 - Soldier é um livro bem intencionado e que consegue entreter seu leitor numa trama que se divide entre a ação e a emoção ao contar a história de Stanley e seu cão Soldier durante a Primeira Guerra Mundial;

2 - A obra além de tratar o amor entre os homens e o seus animais, nesse caso os cães, ainda fala sobre os grandes tentáculos da guerra, que de alguma forma ou outra acaba sugando para suas ações o impactos todos, sejam humanos, cães, cavalos... Quando á guerra, ninguém está livre de seus tentáculos;

3 - E o livro faz isso aproveitando-se da atuação de cães durante a Primeira Guerra, e assim mesclando ficção e fatos históricos, dando vida à Stanley e sua abalada família em que cuja relações com os animais acabará interferindo inclusive em batalhas da guerra;

4 - Se por um lado o livro possui um ponto de partida promissor, por outro ele não apresenta muitas novidades com um enredo até certo ponto previsível e personagens já reconhecíveis de tantas outras tramas, como a do jovem que parte numa jornada impulsionado pela rebeldia e sofrimento causado pela dificuldade de relacionamento com o pai, de também do homem que parte em busca de redenção e perdão...

5 - Somado a isso, há ainda a relação homem-cão marcada no livro pela separação e pelo improvável reencontro em tão hostis condições;

6 - Além disso, na minha concepção é claro, os pontos em que me pareceram postular o engajamento do leitor pela emoção e o impacto não saíram talvez como imaginado, mas que ainda assim pode levar leitores mais suscetíveis às lágrimas, especialmente em quem ama muito seus cães;

7 - Nisso, talvez vale destacar que a fonte utilizada na diagramação me pareceu pouco convidativa e de algum forma interferiu no meu ritmo de leitura, e obviamente isso acaba interferindo no andamento da narrativa, que no meu caso foi um pouco truncada;

8 - Feito os adendos, e retiradas tais questões, o livro reúne ação em momentos cruciais e chaves da narrativa ao passo que equilibra o profundidade do assunto esmiuçando a relação de Stanley com os cães e de como isso levou-o à Guerra;

9 - Portanto, independente de uma ou outra questão, o livro pode atrair bastante interesse pois percorre assuntos e temáticas de interesses que conseguem congregar de valentões a emotivos chorões, e assim pode agradar uma grande quantidade de leitores;

10 - Enfim, Soldier - Leal Até O Fim não é uma história nova, mas consegue retratar a forte relação de amor entre humanos e seus cães de uma forma bastante intensa e ambientada num momento crucial de nossa história, constituindo assim de um entretenimento que tem sua validade e é capaz de agradar, pois sua narrativa linear certamente pode prender seu leitor em suas páginas do princípio lento ao final eletrizante, mas feliz. 



10 Considerações sobre Soldier, de Sam Angus ou por que ser ser leal até o fim 10 Considerações sobre Soldier, de Sam Angus ou por que ser ser leal até o fim Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, agosto 30, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário