10 Considerações sobre prometo falhar, de Pedro Chagas Freitas ou porque o amor é singular

Neste post a avaliação do livro prometo falhar, de Pedro Chagas Freitas publicado pela editora Novo Conceito; confira as 10 considerações do Blog Listas Literárias sobre o livro:

1 - prometo falhar é um livro diferente e que impacta o leitor já em seu primeiro contato, numa obra que apresenta elementos do modernismo ao passo que retrata o assunto essencial dos românticos: o amor. É uma leitura para um público exigente e literato;

2 - O leitor num primeiro momento a julgar por elementos como capa e orelhas não consegue identificar claramente do que se trata a obra, algo que só vai sendo percebido ao que se avança pelo texto disposto em prosas curtas que então, descobrimos se tratar de fragmentos abordando diversas histórias de amor em cetenas de crônicas que compõe o todo do livro;

3 - Tais crônicas versam exclusivamente sobre o amor, ora com textos que discorrem por vidas completas, ora em textos que retratam um ou outro momento significativo das personagens;

4 - Quanto à estrutura é justamente onde a obra acaba se revelando muito próxima das obras de vanguarda modernista, através de um texto em prosa que se aproxima e em alguns casos praticamente se fundem com o lírico, além de que há nos textos um fluxo de consciência despreocupado com as regras textuais como nos casos em que o autor opta por não utilizar as letras maiúsculas, ou como o desprezo por dar título aos fragmentos componentes do livro;

5 - Creio que tais escolhas sejam justamente para impactar, em alguns casos até mesmo provocar o estranhamento no leitor, e ainda que não seja uma escolha nova, é algo com que ainda não se está muito acostumado na produção literárias nacional;

6 - Quanto ao conteúdo dos textos, são em geral voltados para os relacionamentos, às vezes amores familiares, mas na grande maioria o amor em seu sentido clássico de pessoas que procuram por outras pessoas para completarem-se, e assim em determinado texto você encontrará personagens cujos sentimentos foram concretizados, enquanto noutros poderemos perceber que é a busca que motiva a ação;

7 - Além disso, cabe destacar que o texto de Pedro Chagas Freitas dá vida a pessoas comuns e intensifica histórias aparentemente mundanas como o encontrar do amor ao ir se comprar um sapato. Com personagens reconhecíveis e comuns do dia a dia, uma vendedora, um comerciante, enfim pessoas simples e comuns o autor aproxima o amor de todos;

8 - Além de uma prosa cheia de recursos líricos, convém dizer que a própria poesia marca presença em determinados momentos do livro, poesia esta que assim como a prosa mantém elementos do modernismo;

9 - Vale também destacar que o livro reflete uma necessidade de expor e de falar, já que não raro, quando foge das pessoas de atividades comuns, é aos escritores e à escrita que o autor recorre para caracterizar personagens sendo que em muitas crônicas a presença de um escritor é destacada, e a vontade de escrever sobre o amor é exaltada;

10 - Enfim, prometo falhar inicialmente provoca uma reviravolta na cabeça do leitor, especialmente quando este desconhece do que se trata e o que se trata a obra, uma espécie de tratado prosa-lírico acerca do amor, dos relacionamentos, da convivência e até mesmo de nossas falhas. É uma obra peculiar e que foge do que temos visto por aí.


 
10 Considerações sobre prometo falhar, de Pedro Chagas Freitas ou porque o amor é singular 10 Considerações sobre prometo falhar, de Pedro Chagas Freitas ou porque o amor é singular Reviewed by Douglas Eralldo on sábado, agosto 22, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário