10 Grandes Canalhas da Literatura segundo George R. R. Martin

A grande declaração de amor por personagens cinzentos de George Martin é suas próprias Crônicas do Gelo e do Fogo, e essa predileção por personagens nem brancos, nem pretos, nem maus, nem bons é apresentada da introdução da antologia organizada por ele e Gardner Dozois, O Príncipe de Westeros e Outras Histórias,  em que entre outros canalhas, Martins fala de grandes canalhas nos livros, confira:

1 - Conan, da Ciméria: Martin lembra que mesmo caracterizado como herói também era um ladrão, mercenário, pirata, saqueador e em ultima instância um usurpador;

2 e 3 - Fafhrd e O Rateiro Cinzento: Segundo Martin os dois protagonistas criados por Fritz Leiber são ainda mais canalhas que Conan. O primeiro é forte fisicamente, o segundo muito bom em disfarces;

4, 5, 6 e 7 - Os Três Mosqueteiros: Martin lembra no artigo que os três que eram quatro tinham uma boa dose de malandragem em suas aventuras;

8 - Rhett Butler: A personagem de E o Vento Levou, de Margareth Mitchell é outro dos canalhas citados por Martin, e vale lembrar aqui que os livro apresenta mais detalhes sobre ele do que no filme;

9 e 10 - Amram e Zelikman: Outra dupla de canalhas para Martin são as personagens da novela histórica Gentlemen of the Road, de Michael Chabon;

11 - Harry Flashman: Para Martin a personagem criada por George McDonald Fraser é uma das maiores canalhas da literatura, e segundo ele capa de causar-lhe inveja;

12 - Trinca do Faroeste: Mitos do faroeste americano, Martin ainda recorda desse trio popular e não menos canalha, Billy The Kid, Jesse James e Doc Holliday, este último um jogadore de pôquer e dentista do velho oeste.

E vocês, quais canalhas da literatura admiram?


10 Grandes Canalhas da Literatura segundo George R. R. Martin 10 Grandes Canalhas da Literatura segundo George R. R. Martin Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, maio 31, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário