10 Considerações Sobre Vinte Mil Léguas Submarinas, ou porque o desconhecido é fascinante

O Blog Listas Literárias leu Vinte Mil Léguas Submarinas, de Jules Verne, publicado pela Penguin/Companhia, e neste post publica suas 10 considerações sobre livro:

1 - É sempre uma temeridade falar de livros já tão amplamente debatidos, mas Vinte Mil Léguas Submarinas desta bela edição da Penguin/Companhia que edita os grandes clássicos da literatura é uma leitura indispensável para os fãs das grandes histórias e aventuras;

2 - A edição além do romance de Verne apresenta ainda uma introdução feita por um dos maiores especialistas em ficção científica e fantasia, Roberto de Sousa Causo, que num artigo de grande conhecimento sobre Jules Verne certamente irá agradar aos fãs deste autor fantástico;

3 - Tido como talvez a grande obra de Jules Verne, embora este blogueiro ainda prefira A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, Vinte Mil Léguas Submarinas é uma prova inconteste da grandiosa habilidade do autor em privilegiar seus leitores com aventura, e neste livro, cria então duas personagens das mais icônicas e influentes da literatura, o misterioso Capitão Nemo, e seu submarino Nautilus, que embora máquina, não poderíamos vê-lo senão também como personagem do livro;

4 - E um dos pontos que me chamou a atenção neste livro é como um protagonista, no caso  professor Aronnax é com o tempo é quase que esquecido diante do tamanho e complexidade nas quais se forma o Capitão Nemo; 

5 - E talvez essa imortalidade tão presente d capitão e de seu submarino se de justamente pelo fato de que o narrador Aronnax assim como o leitor não tem acesso a ambos, pois são relances através de gestos e ações, muitas inclusive paradoxais, que revelam o quão complexo é Capitão Nemo. Então, deixando-nos (nós os leitores) num relativo desconhecimento dobre ambos, Verne os torna mortais, já que são os segredos e os mistérios ainda não revelados sobre Nemo e o Nautilus que os tornam tão interessantes;














6 - Uma série de discussões sobre o autor que para muitos teria previsto diversos avanços tecnológicos ainda hoje divide os críticos, entre os que veem quase como um profeta dos inventos, e os que o veem como alguém capaz de ler probabilidades de acontecimento. Nesta discussão, Vinte Mil Léguas talvez possa trazer mais dúvidas, ou quem sabe indícios, já que o texto demonstra um total conhecimento do autor de descobrimentos e avanços nas diversas áreas de conhecimento de seu tempo, o que de certa forma nos deixa pensar que alguém com essa capacidade teria um pouco mais de facilidade em tentar observar o que viria pela frente;

7 - No campo especificamente literário, é importante dizer que o livro se torna por certos momentos enfadonho diante a estupefação de Aronnax e seu tom quase enciclopédico ao narrar certas maravilhas vistas no fundo dos mares, efeito que é contrabalanceado com os revezes e com a ação, mas especialmente pela forma que o autor vai constituindo suas personagens;

8 - Desta forma Vinte Mil Léguas de aparente simplicidade esconde matéria mais complexa, e essa se concentra quase que basicamente no posicionamento de Capitão Nemo e o distanciamento que o homem busca das organizações da sociedade humana. Assim o capitã nos dá uma série de complexidades e incertezas que ainda hoje clamam por respostas;

9 - Um outro detalhe interessante é o desfecho final dado por verne através de seu clássico capítulo de Conclusões, uma marca comum em seu trabalho. Só que no caso deste livro especificamente, o último capítulo pode jogar certas dúvidas em leitores mais desconfiados o desejosos de teorias interessantes, já que promove um certo jogo do que é real ou não, e assim talvez suscite ou responda questionamentos relativos à verossimilhança, tão em voga durante a narrativa;

10 - Enfim, Vinte Mil Léguas Submarinas é uma leitura obrigatória, e certamente demonstra o auge de um autor dedicado cujo conhecimento é compartilhado com seus leitores através de suas personagens e aventuras. Fãs ou não de Verne, não há como não se fascinar com o universo misterioso do fundo dos mares, lugares pelos quais somos levados por um Nautilus que gostaríamos de ter o prazer de conhecê-lo realmente.




10 Considerações Sobre Vinte Mil Léguas Submarinas, ou porque o desconhecido é fascinante 10 Considerações Sobre Vinte Mil Léguas Submarinas, ou porque o desconhecido é fascinante Reviewed by Douglas Eralldo on segunda-feira, dezembro 15, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário