10 Coisas que os livros ensinam sobre o sistema de ensino americano

O mercado literário está cheio de obras retratando o universo estudantil e adolescente dos Estados Unidos. Atento, o Listas Literárias fez uma seleção da imagem que tais obras revelam sobre o sistema de ensino americano e de seus jovens. Confira, concorde, discorde, curta e compartilhe: 

1 - O ensino é privado: Sim meus caros leitores, encontrar personagens adolescentes americanos em escolas públicas é tão raro quanto você topar com um dinossauro na Avenida Paulista. Isto porque a literatura tende e reproduzir a sociedade média, e, portanto, as escolas privadas de lá atendem á classe média americana, assim todos nossas personagens favoritas estudam em alguma escola com nome pomposo. Ah, antes que pensem bobagem, há sim escolas públicas por lá, mas...
















2 - O ser e o ter: Estas duas palavras parecem fazer parte do DNA dos americanos que valorizam "o ser" e "o ter". Assim seus jovens personagens literários certamente tem alguma coisa, e quase sempre estão numa jornada que começa no "não ser ninguém" até o "ser o/a estudante mais descolado e popular da escola". Ah, e até mesmo personagens que são postos para debater essa questão, acabam inevitavelmente percorrendo o caminho do não-popular ao popular;

3 - Um espaço de conflitos: Bem, se algo bastante comum à literatura estudantil ambientada em escolas americanas é justamente este espaço como concentrador de conflitos. Não importa o livro, você verá que o pátio da escola é quase sempre um campo de guerra;

4 - O dia todo: Com certeza você também já percebeu que por lá o ensino dura o dia todo, e que além disso, há as disciplinas obrigatórias, mas também as optativas as quais os estudantes podem escolher algo do que gostem fazer. Isso é uma coisa bem legal;

5 -  Rede e tradição: Não raro você se depara nestas leituras com jovens estudantes de escolas tradicionais, e não raro suas estadias neste locais estão relacionadas muito mais com as redes de contatos e pessoas interessantes que se possa conhecer, do que propriamente com o ensino;

6 - O esporte: Creio que o espírito de competição americano é justamente o que torna o esporte tão essencial em suas escolas. Seja nos livros, seja nos filmes, as escolas estão sempre metidas em alguma competição esportiva, e obviamente os atletas estão entre os mais populares do estabelecimento;

7 - Doritos no Almoço: Não sei quanto a vocês, mas não raro já me peguei curioso com a escolha do almoço dos jovens estudantes americanos (sim, eles almoçam na escola) que trocam a comida quase sempre por um belo pacote de Doritos, ou Bolachas e Biscoitos;
















8 - A omissão: Pelo menos na literatura a impressão que se tem é que os próprios gestores são omissos quanto ao ambiente escolar hostil, como se eles referendassem a competição entre seus alunos, mesmo que isso se torne perigoso. Na verdade, quase sempre diretores são apresentados como párias;

9 - Você mora na escola: Grande parte das melhores escolas do ensino médio são academias no formato de internato, portanto, neste caso, os estudantes fazem da escola sua moradia durante o ensino médio;

10 - O baile: Americano gosta mesmo de mistificar as coisas e "o baile" é tão tradicional que é difícil ver um livro ambientado neste universo que não haja algo envolvendo o dito cujo. O baile inclusive, quase sempre é o elemento que amplia os acontecimentos escolares, os ódios, as paixões...


10 Coisas que os livros ensinam sobre o sistema de ensino americano 10 Coisas que os livros ensinam sobre o sistema de ensino americano Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, outubro 29, 2014 Rating: 5

2 comentários

  1. Não sei o que houve o meu comentário sumiu e eu não estou com saco para escrever de novo. Mas tudo que voce disse é totalmente incorreto.
    Primeiro a escola fundamental chama-se Elementary School, a de ensino médio chama-se High School, e as Faculdades chamam-se College!
    Acho que você confundiu tudo

    ResponderExcluir