10 Lamentáveis Queima de Livros na história humana...

Sim, livros tem poder. Eles libertam, criam independência, e opinião. Justamente por isso, assim como já ocorreu com "as bruxas", ao longo da história humana os livros foram queimados. Nesta lista uma seleção com 10 lamentáveis queima de livros na história humana:

1 - A queima nazista: Que a ascensão nazista provocou as maiores atrocidades em nossa recente história não restam dúvidas. E com os livros não foram diferentes, pois tão logo Hitler chegou ao poder como ação propagandista do novo sistema em diversas cidades alemãs foram organizadas  sessões de queima de livros que não estevam de acordo com os padrões impostos pelo regime nazista.Thomas Mann,Sigmund Freud, Albert Einstein, Karl Marx, foram alguns dos autores que arderam nas piras de Hitler;

2 - A Dinastia Chin: Outra conhecida queima de livros na história se deu por ordem do Primeiro Imperador da  Dinastia Chin que por volta de 213 a.C mandou queimar uma grande quantidade de livros que preservavam ideias e moral dos antigos;

3 - A queima do faraó: Por ordens do faraó Akhnatón que sucedeu Ramsés II milhares de papiros foram queimados por falarem de espectros e demiurgos extinguindo cerca de 75% da literatura existente;

4 - Os livros queimados de Wilhelm Reich: Com uma acusação de pornografia o Departamento de Estado America mandou queimar livros do autor, que entre outras contribuições para a sociedade está o debate das funções do orgasmo;

5 - A Destruição da Biblioteca de Alexandria: A destruição de uma das maiores bibliotecas da história antiga representou um verdadeiro "livrocídio". Embora os historiadores divirjam e muito sobre o que realmente aconteceu a versão que se popularizou é a de que a biblioteca foi destruída por ordem de Amr ibn al-As, governador provincial do Egito em nome do califa Rashidun Omar ibn al-Khattab, pouco depois da conquista do Egito comandada por Amr em 642

6 - A inquisição: Outro evento histórico responsável pelo extermínio de uma grande quantidade de livros foi a inquisição, que queimava não somente a obra, mas muitas vezes seus autores. Só em Salamanca durante a inquisição espanhola, mais de 600 títulos foram para a fogueira;

7 - Fim aos escritos budistas: Em 1.153 com a conversão das Maldivas ao Islã, além da decapitação dos monges budistas, uma grande quantidade de escritos sobre o budismo foram incinerados;

8 - A briga entre Henrique VIII e o Papa: entre 1536 e 1550 a briga entre Henrique VIII e o papa resultou na incineração de textos católicos, fazendo em cinzas cerca de 300.000 volumes; 

9 - Queima do Alcorão: Não é preciso queima uma biblioteca inteira para causar uma confusão internacional. Em 2012 soldados estrangeiros queimaram exemplares do Alcorão em uma base americana o que obviamente insuflou os ânimos na região; 

10 - A Fogueira das Vaidades: Em 7 de fevereiro de 1497 aconteceu a mais famosa das fogueiras das vaidades. Partidários Girolamo Savonarola recolheram livros e outros objetos de artes ou cosméticos que teriam a capacidade de incitar ao pecado queimando-os em praça pública;

10 Lamentáveis Queima de Livros na história humana... 10 Lamentáveis Queima de Livros na história humana... Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, fevereiro 19, 2014 Rating: 5

7 comentários

  1. Que dor!!!
    Adorei o post, posso pegar emprestado?

    Jéssica Rodrigues
    http://lilianejessica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Tenho aqui em casa, no fundo de um armário, uma pilha de livros que chamo de "pilha maldita", porque são livros horrorosos (ou muito mal escritos, ou pessimamente traduzidos, ou sobre temática duvidosa, etc.) mas nunca tive coragem de me desfazer deles, muito menos destruí-los. Há alguma coisa sagrada em um livro. Mesmo que você o deteste, sempre poderá haver alguém que aprenderá alguma coisa boa com a sua leitura. Mesmo que demore pra isso acontecer.

    ResponderExcluir
  3. Parece que o blog está numa temporada de Ray Bradbury, primeiro falando das Crônicas Marcianas e agora uma lista que nos faz pensar imediatamente em Fahrenheit 451. Muito bom.

    ResponderExcluir
  4. dói-me ver livros queimados estragados deteriorados....
    quem teme a temática de um livro teme A SI PRÓPRIO...tio will dos blogs/14

    ResponderExcluir
  5. QUEIMEM OS LIVROS "SAGRADOS". QUEIMEM TODOS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha que aparecer um ignorante...

      Excluir
  6. Mesmo que um livro nao fale sobre algo importante ele pode ter informacoes sobre o periodo analizando seu comteudo e ponto devista do autor ou perconagens ou acunto

    ResponderExcluir