10 Considerações sobre Mago - Aprendiz, ou porque Midkemia é um mundo fascinante...

O Blog Listas Literárias leu Mago - Livro I - Aprendiz, de Raymond E. Feist, publicado pela Editora Saída de Emergência, e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro:

1 - Aprendiz, é o Livro I da renomada série Mago, de Raymond E. Feist, que logo de cara nos apresenta um fascinante universo, dotado de personagens incríveis e heroicos, temperado com muita ação, que constroem com justiça a fama desta saga épica;

2 - O livro é composto por diversos protagonistas, e isso é uma de suas tantas virtudes, já que ao abordar passagens com diversos e importantes personagens, Raymond E. Feist confere toda a grandiosidade de seu universo de Midkemia;

3 - Entre os personagens os garotos Pug e Tomas, cuja aventura acaba levando-os por caminhos diferentes, mas não menos heroicos e formadores de suas bases com guerreiros, especialmente com seus crescimentos graduais ao passo que suas jornadas mergulham cada vez mais no perigo;

4 - A narrativa de Mago - Aprendiz é outra teia que acaba envolvendo e capturando seu leitor com seu desenvolvimento ágil e fluente, sempre revelando da geografia de Midkemia, e também focando na ação da aventura, especialmente em suas incríveis batalhas;

5 - Com certeza é um livro para agradar os mais rigorosos fãs da fantasia, pois os principais elementos do gênero são trabalhados com muita autoridade pelo autor, o que fãs Midkemia ser um mundo fascinante;

6 - Por outro lado, Aprendiz abre a série da saga do Mago, e ao longo do livro alguns personagens são "presenteados" com destinos que os afastam da ação neste primeiro livro, que ao chegar seu final notamos suas ausências, bem como ficamos curiosos para saber o que lhes acontece;

7 -  Para além de sua fantasia, o livro em sua trama traz em diversas falas elementos para discussão, tais como o desejo pelo risco, a dominação invasora e o choque de culturas em combate, entre outros...

8 - Além disso, todo o fundo de apresentação da história e da formação de Midkemia bem como suas lendas e mitos acabam por encantar o leitor, especialmente ao cruzar todo o reino em uma jornada ao lado do duque Borric e seus leiais combatentes;

9 - Mesmo surgindo em algumas oportunidades específicas, a magia quando aparece na trama é com todo seu esplendor e encanto, que é o que sempre esperamos das coisas mágicas;

10 - Enfim, Mago - Aprendiz - Livro I é um livro que cumpre com o que promete e todo leitor de fantasia que ao mergulhar no mundo criado por Raymond E. Feist será envolvido por esta obra de grande qualidade e representatividade;



 
10 Considerações sobre Mago - Aprendiz, ou porque Midkemia é um mundo fascinante... 10 Considerações sobre Mago - Aprendiz, ou porque Midkemia é um mundo fascinante... Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, fevereiro 16, 2014 Rating: 5

4 comentários

  1. Já li diversas resenhas positivas à cerca deste livro. Preciso dar um jeito de adquiri-lo em breve.

    Muitos o comparam com J.R.R. Tolkien, já que possui um mundo próprio e sua própria história.

    Seus 10 motivos me deixaram com mais vontade de ter o livro.

    Até mais

    ResponderExcluir
  2. Gostei das suas colocações. Este é um livro que gostei, aliás, é uma série que está me agradando! Embora seja muito ampla, o autor não se detém a detalhes e não se importa de avançar meses ou anos com "passaram-se meses/anos". Isso é bom. Começamos o livro conhecendo crianças e logo tornam-se jovens e caminham para a fase adulta. Além de fantasia, possui uma boa dosagem de romance de formação.
    É um excelente livro para observar o choque entre culturas e o segundo traz ainda mais esse elemento.

    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o livro, mas parece muito interessante. Magia no entanto deve ser usada com muito cuidado quando se escreve sobre fantasia, não queremos que resolva facilmente cada obstáculo, mas pelos motivos aqui apresentados parece que o autor criou um mundo credível, o que é bom.
    A capa está excelente, adoro me perder por uns segundos nesse tipo de arte e se ao abrir o livro houver continuação para um mundo fascinante, muito melhor.
    Se me permitem, deixo aqui o link de meu blog http://pensamento-indescoberto.blogspot.pt/ que explora a fantasia como escape à realidade.
    Continuação de boas publicações.

    ResponderExcluir
  4. Longe de ser comparado com a saga SdAneis. O livro é muito corrido, os personagens sao poucos aprofundadod. O tempo voa de um capitulo para outro. Esperava mais.

    ResponderExcluir