10 Considerações sobre A Invenção das Asas, ou por que voar é muito mais que um sonho...

O Blog Listas Literárias leu A Invenção das Asas, de Sue Monk Kidd, que será publicado pela editora Paralela no próximo dia 30 de janeiro, e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro:

1 – A Invenção das Asas, de Sue Monk Kidd é um romance pungente e comovente mergulhando o leitor numa mescla de ficção e resgate histórico, onde a coragem, e especialmente a luta para dar voz àqueles que não tinham nem voz, nem mesmo humanidade, narrados por duas personagens extremamente fortes, obstinadas por justiça e por liberdade.

2 – O livro se passa num importante período da histórica americana, quando a luta pela abolição da escravatura além de chocar a elite sulista, também motivou grandes líderes daqueles tempos, como as irmãs Grinké, que neste trabalho de Sue Monk Kidd se apresenta na voz de Sarah, onde através do uso de passagens reais e a inserção da ficção proposta pela autora por meio da narrativa em primeira pessoa acaba dando vida para aquele período, como se jogasse o leitor numa máquina do tempo e o levasse até os anos 1805 a 1840. A narrativa do livro é tão firme e embasada que é difícil crer que a “Sarah ficcional” seja muito diferente da Sarah que enfrentou a sociedade, a família, e a ordem estabelecida para defender os direitos dos escravos e também das mulheres;

3 – Além disso, A Invenção das Asas, ao compartilhar a narrativa entre Sarah e a escrava Hetty “Encrenca” Grinké coloca o leitor numa plateia privilegiada podendo observar não só a visão da abolicionista, bem como dando voz aos escravos que por meio da narrativa de Hetty nos relembra das atrocidades por qual seu povo passou;

4 – Assim, o livro mesmo que uma ficção baseada em fatos se mostra um relato contundente sobre a luta pela libertação dos escravos nos EUA, citando vários líderes abolicionistas que tiveram participação fundamental na luta por libertar os escravos;

5 - A Invenção das Asas é um destes livros que deve entrar para o disputado e restrito hall de livros que se tornam clássicos e não se esvaziam com o tempo. Calcado em personagens fortes, e todos, ou “recriados” com muita perfeição por Seu Monk Kidd, ou feitos no barro da criatividade da autora, como no caso de Hetty, se tramam de uma forma tão segura, que certamente todos merecem estar nas principais galerias de grandes personagens;

6 – Mas muito além da luta abolicionista, o livro fala sobre virtudes, convicções e coragem. Tudo isso se modula como numa forma preparando suas personagens para saírem de uma zona de conforto, e assim poder questionar o que havia de errado com seu próprio tempo;

7 – É o que fazem as irmãs Grinké, e também Encrenca (que diga-se foi moldada à sua mãe, Charlotte) que mesmo tendo de enfrentar a ira e a perseguição daqueles que são contrários aos seus ideais, saem de uma zona cômoda em que o silêncio era o caminho mais simples , e entram para a galeria destinadas para os poucos que conseguem questionar nos pensamentos e na prática por que as coisas são assim?

8 – Junto ao abolicionismo, o feminismo presente na luta das irmãs Grinké revela todas as distorções existentes, muitas vezes revelando a grande distância que pode haver entre as intenções e as ações, paradigmas que Sarah e Nina quebram, e literalmente viram o mundo (ou os EUA) de cabeça para baixo;

9 – Sem falar que em todo o livro questões sobre o amor (bem menos aquele amor entre um homem e uma mulher, mas sim o amor universal) e a amizade estão presentes de uma forma encorajadora;

10 – Enfim, A Invenção das Asas, é um livro imperdível. Acho que esta é a melhor e única forma de resumi-lo.


* O Blog leu as provas do livro, e posteriormente postará aqui o quadro com a avaliação completa.

Veja o Booktrailer:
10 Considerações sobre A Invenção das Asas, ou por que voar é muito mais que um sonho... 10 Considerações sobre A Invenção das Asas, ou por que voar é muito mais que um sonho... Reviewed by Douglas Eralldo on quarta-feira, janeiro 22, 2014 Rating: 5

Um comentário

  1. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir