10 Considerações sobre Refém da Obsessão, ou porque a submissão é eterna...

O Blog Listas Literárias leu Refém da Obsessão, de Alma Katsu, publicado pela Editora Novo Conceito, (Vocês podem ganhar esse livro e outros dois participando aqui) e publica neste post suas 10 considerações sobre o livro:

1 - Refém da Obsessão, de Alma Katsu é um romance que versa sobre as perversões e os limites da submissão quando os sentimentos são deturpados, mesclando erotismo e fantasia numa leitura agradável;

2 - O livro de certa forma demonstra sua originalidade ao apresentar aos leitores com o mesmo erotismo e charme, imortais que não vampiros, e que funcionam com grande destreza nesta trama ao longo dos tempos, onde a obsessão conduz Adair e Lanny aos seus destinos interligados por magia e obsessão;

3 - A trama além de toda a fantasia envolvida mescla boas doses de erotismo, que mesmo não tendo as cenas picantes ou cenas mais demoradas neste sentido ao longo da leitura, ainda assim consegue ser forte e visual levando seus personagens ao limite de suas perversões, muitas vezes ultrapassando o limite entre o certo e o errado;

4 - Além disso, a obra centraliza boa parte de sua ação no culto a beleza ao corpo, e não raro seus personagens evocam a importância e a necessidade da beleza, o que acaba também refletindo o contexto da sociedade contemporânea onde o culto ao corpo é bastante presente;

5 - Mesmo entre conflitos, ação, e algumas passagens com suspense mais elevado, a leitura de Refém da Obsessão flui com naturalidade, e permite ao leitor observar distintos aspectos de seus personagens, já que a narração em primeira pessoa por Lanny compartilhada por uma narrativa em terceira pessoa para quando outros personagens possibilitam um amplo aspecto do universo sombrio e quente criado por Alma Katsu;

6 - Também é importante dizer que os personagens do livro carregam grandes defeitos, e não digo defeitos que prejudiquem a obra mas sim características construídas com muita propriedade pela autora que nos apresenta indivíduos paradoxais, que vivem em eterno conflito com suas ações e sentimentos;

7 - É justamente nos conflitos de sentimento que entra o perigo da obsessão, especialmente quando o amor deixa de ser uma conquista e passa a ser uma obrigação forçada, que como demonstra o livro faz com que seus personagens nesta busca desenfreada pelo retorno de sentimento acabam metendo os pés pelas mãos, e fazendo coisas reprováveis;

8 - Em síntese, acredito que seja isso que esteja representado na relação doentia entre Adair e Lanny, sentimento que alias, os colocaram em disputa ao longo dos séculos;

9 - Outro fator sobre o livro que não poderia deixar de citar é a forma que ele nos apresenta a submissão feminina, a fragilidade diante de certas situações, e o quanto essa visão masculinizada acaba transformando as mulheres em simples objetos de desejo;

10 - Enfim, Refém da Obsessão é uma leitura interessante, e que através de sua fantasia e seu erotismo acaba desenvolvendo planos de fundo que podem gerar intenso e caloroso debate. Além de ser uma leitura para o entretenimento, também contribui para uma leitura sobre o comportamento diante do amor e do erotismo;





10 Considerações sobre Refém da Obsessão, ou porque a submissão é eterna... 10 Considerações sobre Refém da Obsessão, ou porque a submissão é eterna... Reviewed by Douglas Eralldo on quinta-feira, outubro 17, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário