10 Considerações sobre O Diário de Helga, ou porque nunca deixar um pesadelo cair no esquecimento...

O Blog Listas Literárias leu O Diário de Helga - O Relato de Uma Menina Sobre a Vida em um Campo de Concentração, de Helga Weiss, e publica nessa lista suas 10 considerações sobre o livro: 

1 - O Diário de Helga é um conjunto de relatos surpreendentes e tenebrosos de uma menina que conheceu o inferno e o que há de pior em nossa história recente, vivendo em guetos e campos de concentração durante o holocausto. O livro, publicação dos textos no diário de Helga Weiss é um documento histórico, e também o relato individual de um terror coletivo que assombrou o mundo;

2 - Escrito em diferentes épocas, antes e após o final da 2ª Guerra, é possível perceber o crescimento narrativo do diário, sem nunca deixar de surpreender -nos com a maturidade com que a menina Helga enfrenta a nova realidade a que foram submetidos os judeus durante a campanha ariana;

3 -  Além dos textos do diário, a publicação de uma entrevista com Helga Weiss também ajuda o leitor a compreender que as guerras não terminam, nem mesmo depois de decretada a paz;

4 - Além do texto, o livro é composto por fotos do período, e também por ilustrações feitas pela própria Helga que retratam o dia a dia nos campos de concentração, e que dão uma noção ainda maior do horror por qual a protagonista passou;

5 - Ler O Diário de Helga permite o leitor acompanhar a experiência pessoal de uma, entre tantas outras milhares de vítimas do holocausto, revelando o inferno que a maldade e a loucura humana pode produzir, e mesmo sabendo que a grande maioria não teve a mesma "sorte" de Helga Weiss, e ainda assim não desejando passar o que ela passou nem em nossos piores pesadelos, já que o que ela nos conta em seu diário são provações desumanas;

6 -  E lendo os relatos da menina, é impossível não questionar-se como o mundo permitiu que as coisas chegassem a tal ponto;

7 - Mesmo escrito após o final da guerra, é impressionante o ritmo e a forma como Helga Weiss narra seus últimos meses aprisionada, com a tensão premente, e a morte cada vez mais próxima de Helga e sua mãe, como se tivéssemos em mãos um thriller, mas no entanto tudo o que está ali são os tormentos vivenciados por uma menina de pouco mais de dez anos;

8 - Não só sobre a guerra, o holocausto, e o terror, o leitor poderá tirar como lição lendo O Diário de Helga, mas também uma mensagem de perseverança, obstinação, e especialmente força e uma boa dose de sabedoria para enfrentar situação tão adversa como a enfrentada por Helga ainda criança;

9 - O Diário de Helga não traz respostas sobre a guerra, ou sobre o momento histórico, mas sim revela cada passo, cada ação, de uma menina, que ao contrário de muitos outros judeus conseguiu enfim sobreviver a um destino que lhe parecia inevitável: morrer nas mãos de Hitler;

10 - Enfim, O Diário de Helga é uma leitura para emocionar, e também para promover o debate, e principalmente alertar-nos do quão fundo podem descer os homens, sendo por isso recomendado para todos os leitores, pois não podemos deixar que um pesadelo tão monstruoso caia no esquecimento; 




10 Considerações sobre O Diário de Helga, ou porque nunca deixar um pesadelo cair no esquecimento... 10 Considerações sobre O Diário de Helga, ou porque nunca deixar um pesadelo cair no esquecimento... Reviewed by Douglas Eralldo on terça-feira, maio 14, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário