10 Considerações Sobre Destino Sombrio, de Luís Dill, ou Como O Mistério Pode Fisgar os Leitores...


















O Blog Listas Literárias leu Destino Sombrio, de Luís Dill, e nessa lista posta suas 10 considerações sobre o livro:

1 – Destino Sombrio, de Luís Dill, é um livro que começa a contar-nos uma história inicialmente de forma despretensiosa, mas suficientemente ardilosa para fazer com que o leitor mergulhe na misteriosa jornada de Gildo, para enfim ver-se de frente com uma trama densa, e personagens a serem analisados com boa dose profundidade;

2 – Antes de falar mais do enredo do livro, não há como deixar de destacar o primor do projeto gráfico, diferente e muito bonito, trazendo a leveza necessária para uma leitura que no fundo não é simplesmente uma história adolescente. A diagramação e seus efeitos é muito bela, e embora a capa possua inicialmente imagens mais simples, o seu conjunto de cores e tipografia chamam a atenção;

3 – A narrativa em três tempos, revelando um passado, o presente, e um provável futuro aos poucos vai revelando o personagem Gildo, seu drama, e seu pecado, soltando em pequenas doses pistas do que poderia ter acontecido, e lhe colocado na misteriosa viagem, de fuga, de busca, e também de reencontro;

4 – A narrativa no passado nos mostra uma jovem, que de certa forma com sua postura e atitude acaba servindo inclusive como atenuante para o desenlace dos fatos, visto a personagem ser de um caráter no mínimo questionável, cujo destino acaba se tornando um tanto sombrio;

5 – Com uma narrativa objetiva e simples, Destino Sombrio revela personagens carregados de dramas, e os anseios de sua juventude, especialmente revelados através da jovem e sua peculiar leitura sobre os homens, os mais velhos, e o mundo;

7 – Durante todo o livro o mistério esta subtendido, não diretamente explícito, mas que acaba instigando a curiosidade do leitor, enquanto acompanha momentos cotidianos de um viajante pela estrada, mas que no entanto, carrega um grande segredo que estimula a curiosidade do leitor;

8 - Outro grande mérito do livro, é que o autor consegue dar a carga necessária de sentimentos em cada passagem do livro. Desde aos sentimentos fortes de um primeiro amor, que certamente será familiar a grande maioria dos leitores, ao mistério nas reticências do protagonista Gildo, e até mesmo a adrenalina de uma alma culpada perante a iminência de ser descoberto;

9 – Mas acima de tudo, Destino Sombrio, em minha concepção não é uma trama fechada em que o autor escancara suas resoluções. Em toda sua extensão há pistas, há revelações, mas ao final de tudo será do leitor a decisão final do sombrio destino de Gildo, culpando-o, ou absolvendo-o de seus atos.

10 – Enfim, Destino Sombrio é uma leitura dinâmica, rápida, prazerosa, e que convida o leitor a refletir sobre o que está escrito, além de ser amplamente familiar e íntima, tratando com uma natureza ampliada, destinos que podem estar muito próximos a nós;




10 Considerações Sobre Destino Sombrio, de Luís Dill, ou Como O Mistério Pode Fisgar os Leitores... 10 Considerações Sobre Destino Sombrio, de Luís Dill, ou Como O Mistério Pode Fisgar os Leitores... Reviewed by Douglas Eralldo on domingo, março 24, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário